quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

MELHOR NOTÍCIA DO DIA: RADIOHEAD VOLTOU!

A última vez que os Radiohead actuaram em Portugal foi exactamente no Nos Alive, em 2012 NUNO FERREIRA SANTOS

 NUNO FERREIRA SANTOS  Texto publicado hoje dia 21 de janeiro no jornal francês Le Monde - Traducao Google

 Os sinais são confirmadas sobre um retorno do Radiohead. A banda de rock britânica será a atração principal do festival Open Air St Gallen, que terá lugar na Suíça a partir de 30 junho - 3 julho, os organizadores anunciaram, Quinta-feira, 21 de Janeiro. A segunda semente foi revelado apenas no rescaldo, o Primavera Sound, que se realiza em Barcelona, ​​Espanha, a partir de 2-4 junho O anúncio deve seguir outros concertos, embora não há nenhum filtro para o tempo de formação liderada pelo vocalista Thom Yorke.

De acordo com o site de música dos EUA Consequence of Sound, citando uma fonte próxima ao grupo, uma turnê de festivais de verão está em fase de preparação na Europa e nos Estados Unidos e Canadá. Em outubro de 2015, o guitarrista Jonny Greenwood já havia anunciado em sua conta no Twitter que o quinteto de Oxford esperava mudar em 2016. Especulações sobre CANVAS A notícia vem como a especulação é abundante na internet em torno do iminente lançamento do nono álbum. Em outubro de 2015, os cinco membros tinham registado coletivamente os estatutos de uma nova empresa chamada Amanhecer Chorus LLP. No passado, o grupo havia realizado de forma idêntica para seus dois álbuns anteriores, incluindo o lançamento oficial foi apresentado de surpresa na Web: The King of Limbs em 2011 com a criação da empresa Ticker Tape Ltd e In Rainbows em 2007 com Xurbia Xendless. Uma hipótese mantida, enquanto o grupo gravou durante os estúdios 2015 de outono, com fotos postadas no Twitter, em setembro de 2015 e desde então apagado.

 A 25 de dezembro de 2015, o grupo ofereceu aos seus fãs um presente de Natal graciosamente a transmitir em seu site Radiohead.com, uma canção chamada Spectrum, originalmente programado para o último filme de James Bond, mas eventualmente recusado pela produção.

Origem do texto: http://mobile.lemonde.fr/musiques/article/2016/01/21/radiohead-prepare-une-tournee-estivale_4851140_1654986.html?xtref=

DO JORNAL PUBLICO:Radiohead no Nos Alive e Air no Nos Primavera Sound
POR CLÁUDIA LIMA CARVALHO 21/01/2016 -


A banda de Thom Yorke actua no dia 8 de Julho em Algés. Já para a dupla Jean-Benoit Dunckel e Nicolas Godin não foi revelado o dia do concerto no Porto.

 https://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/radiohead-sao-a-nova-confirmacao-para-o-alive-e-os-air-o-primeiro-nome-para-o-primavera-1720937

Os Radiohead vão regressar a Portugal para a 10ª edição do Nos Alive, que acontece no Passeio Marítimo de Algés de 7 a 9 de Julho. Os britânicos actuam no segundo dia do festival, onde já estiveram em 2012. Já os franceses Air são a primeira confirmação para o Nos Primavera Sound, festival que acontece um mês antes no Parque da Cidade, no Porto.




A celebrar dez anos de vida, a organização do Nos Alive tem vindo a anunciar nomes para o festival a um ritmo quase diário. Os Radiohead são a última aposta para um dia que conta já no cartaz com os regressos a Portugal de Tame Impala e Father John Misty, depois de no ano passado terem actuado no Vodafone Paredes de Coura, Courtney Barnett, que actuou em 2014 no Nos Primavera, Foals e Hot Chip, cujas últimas passagens por cá já foram em 2013. No dia 8 de Julho, sobem ainda ao palco do Nos Alive os britânicos Years & Years – uma estreia.

A trabalhar num novo álbum, há algum tempo que circulavam já rumores de um regresso aos palcos dos Radiohead. A última vez que a banda liderada por Thom Yorke actuou ao vivo foi em Novembro de 2012, ano em que esgotou o último dia do Nos Alive. Os Radiohead tinham então editado The King of Limbs.

O concerto do Nos Alive faz parte de uma digressão de Verão que tem como objectivo dar a conhecer o nono disco da banda, sobre o qual ainda pouco se sabe. Para já só foram anunciadas três datas: dia 3 de Junho sobem ao palco do Primavera Sound, em Barcelona, a 2 de Julho actuam na Suíça no OpenAir St. Gallen, e dia 8 então chegam ao Nos Alive.

Em Julho, actuam ainda no Nos Alive John Grant, José González, M83, Pixies, The 1975, The Chemical Brothers e Wolf Alice. O cartaz ainda está longe de fechar e por isso as novidades vão continuar a sair.

Já no Porto, o Nos Primavera anunciou os franceses Air, aproveitando a onda do festival irmão, o espanhol Primavera Sound, que revelou nesta quinta-feira todo o seu cartaz. Não se sabe é ainda o dia em que a dupla Jean-Benoit Dunckel e Nicolas Godin vai actuar. O Nos Primavera acontece de 9 a 11 de Junho, uma semana depois da edição de Barcelona. Ao contrário do que acontece no Nos Alive, a organização do Nos Primavera habitualmente anuncia um ou dois nomes antes de revelar a programação completa, à semelhança do que acontece em Barcelona. O cartaz do Porto deverá ser anunciado em Fevereiro.

Por Barcelona, são muitas as novidades. Além dos Radiohead e dos Air, o festival terá os LCD Soundsystem, que no final do ano passado revelaram uma nova canção e um regresso aos palcos, depois de um fim anunciado. PJ Harvey, que em Abril terá novo álbum a sair, também está confirmada, ao lado de nomes como Brian Wilson, o músico dos Beach Boys vai actuar o disco que criou para a sua banda nos anos 1960, Pet Sounds.



Tame Impala, Sigur Rós, Beirut, Animal Collective, Beach House, the Last Shadow Puppets, John Carpenter, Pusha T, Neon Indian, Ty Segall and the Muggers, Julia Holter, Savages, Action Bronson, Vince Staples, Explosions in the Sky, Moderat, Black Lips, Royal Headache, Car Seat Headrest, Wild Nothing, Mudhoney, Suede foram outros nomes anunciados. O cartaz completo pode ser consultado aqui. E não será de estranhar que alguns dos nomes revelados passem depois pelo Porto, como já vem sendo habitual.

Os bilhetes para o Nos Primavera Sound e para o Nos Alive estão à venda nos locais habituais. Para o festival do Porto, os bilhetes têm o preço de 90 euros para os três dias (ainda não há informação relativa ao bilhete diário), enquanto para o festival de Algés a entrada geral custa 119 euros e a diária 56 euros. Já para o festival de Barcelona, os bilhetes custam 185 euros (até ao dia 4 de Maio, depois sobem para 195 euros).