quarta-feira, 11 de novembro de 2015

OS 194 ANOS DE DOSTOIEVSKI, O NUMERO 1 DA LITERATURA MUNDIAL


Assim como na Musica, nas Artes , a Literatura  tem seus deuses, e obvio,  como em qualquer religião que se prese, eles também são moldados de acordos  com nossos gostos e vontades particular, dai  que, em Portugal escolheriam Saramago como o melhor, como sendo um deus da literatura portuguesa, a Inglaterra por sua vez adoraria humilhar o planeta com Shakespeare, o Brasil.... bem o Brasil depois de inventar que Paulo Coelho é escritor, perdeu o status no que quer que seja sobre o tema, só mesmo os EUA para levar a serio sua  suposta literatura e endeusa-lo. A Rússia por sua vez tem vários desses deuses da literatura, entre eles destaco o que considero ser o único, FIODOR DOSTOIÉVSKI que hoje completa exatos 194 anos de seu nascimento, alguém pode dizer que esse posto a nível mundial cabe a Shakespeare, o problema do bardo é que, no sentido literal do termo, não há nenhuma prova de que de fato tudo que dizem que ele escreveu seja de fato dele. Portanto apenas por esse 'detalhe' coloco DOSTOIÉVSKI como o verdadeiro e único deus da literatura UNIVERSAL. E ponto final.


"11/11, aos 194 anos do grande mestre!

"Vê, meu caro, no século XVIII houve um velho pecador que declarou que se Deus não existisse seria preciso inventá-lo*[...] E o homem realmente inventou Deus. E o estranho, o surpreendente não seria o fato de Deus realmente existir; o que, porém, surpreende é que essa ideia - a ideia da necessidade de Deus - possa ter subido à cabeça de um animal tão selvagem e perverso como o homem, por ser ela tão santa, tão comovente, tão sábia e tão honrosa ao homem."

Fala do personagem Ivan Karamázov.
Dostoiévski. in: Os Irmãos Karamázov.

*Referência à famosa frase de Voltaire: "Se Deus não existisse, seria preciso inventá-lo"."