domingo, 1 de novembro de 2015

NOVEMBRO CHEGOU: QUAL O PRÓXIMO PASSO DA EUROPA NAZISTA?

HOJE: Morreram quatro bebés e mais duas crianças a apenas vinte metros das costas gregas. Total de 13 mortes. Na Alemanha, instabilidade na coligação do Governo ameaça a política de portas abertas da chanceler

Primeiro de novembro de 2015, a primeira coisa que penso é: qual o próximo passo da Europa diante da crise migratória,? sim, é necessário  esse tipo de questionamento, afinal a Europa, os europeus como um todo tem se comportado como os NAZISTA, as atitudes, as decisões, e até mesmo o raciocínio nessa crise nos leva a pensar assim, todos os dias assistimos quase que ao vivo o caos generalizado, o caos de famílias, de crianças, idosos, tudo pode parecer hipocrisia, mais num mundo onde a hipocrisia é apenas uma questão de escolha, de lado,  sim é isso,  eu prefiro ser um grandioso hipócrita defendendo  centenas, milhares de pessoas que nada mais tem em vista, há não ser chegar em algum pais rico e democrático da Europa, uma EUROPA que por si só é sinônimo de idosa, rancorosa, egoísta, e inexplicavelmente desumana . E ai? o que ele vão aprontar agora, construir muros, milhares de quilômetros de muros, vão continuar atacando e matando  sexualmente crianças órfãs??,  vão continuar isolando os sírios, os afegãos, os... ????o que mais podemos esperar dos EUROPEUS nesse limiar de NOVEMBRO de 2015??? Vão colocar todos num trem fantasma e mandar para um campo de concentração????  Até onde vai a desfaçatez dos europeus??????

O NAZISMO aqui é sinônimo de fingimento que algo não existe, que algo não nos diz respeito, que algo esta longe, A indiferença muitas vezes coloca lado a lado  o bom samaritano do psicopata, chegamos mesmos a confundir de fato qual dos dois é o bom samaritano e qual é o psicopata. 

 Quando um problema ameça nossa rotina, nós nos tornamos em mostro, é o que acontece agora na EUROPA.

 Os europeus esqueceram de um detalhe, a UNIÃO EUROPEIA não é berço da humanidade, nunca foi, lá é sim, um conglomerado de países, de língua, de cultura, costumes, ou seja uma verdadeira babel de etnias, portanto não da mesmo para entender esse tipo de comportamento em um lugar onde a diversidade é a REGRA.