segunda-feira, 31 de agosto de 2015

2015 - O ANO QUE REGREDIMOS


No fim do oitavo mês, podemos concluir: 2015 se encaminha melancolicamente para o pior ano da década, ou melhor para o pior ano dos últimos 15 anos, regredimos em tudo, em termos de educação, de dialogo, de infraestrutura, em saneamento básico em tolerância, em violência, desemprego etc, etc e etc, o desanimo é generalizado com a politica, A  grande questão nesse exato momento é: quantos anos de fato regredimos nesse 2015.

A alienação, a covardia,  o conformismo e a mediocridade tá cobrando seu preço.

E tem mais, a constatação que tudo é fato, a constatação que apesar disso tudo, continuamos inertes, passivos e subservientes  é o mais desolador.