domingo, 5 de abril de 2015

FATO: DEUS É INDIFERENTE A EXISTENCIA HUMANA



As coisas funcionam mais ou menos assim: As pessoas acreditam em DEUS e ponto. Nada que você fale vai mudar a forma dessas pessoas pensarem, agirem ou mesmo ir além do convenientemente propagado. Mais como esse é um blog por demais inconveniente, vou em frente. Dias atrás tivemos aquele acidente na França , do avião que morreram 150 pessoas, entre elas dezenas de crianças, estudantes, idosos, mulheres e etc. Está mais do que provado que o único causador da queda foi o copiloto, aloprado que decidiu morrer nesse voo, e não apenas decidiu, ele foi o senhor supremo da morte dos demais, nesse quesito temos que concordar, que ele foi uma espécie de DEUS na vida dessas pessoas ele escolheu sozinho sobre a vida dessas 150 pessoas, decidiu o momento, o lugar, o pais, a hora, os segundos finais de vida dessas 150 pessoas, portanto nada foi capaz de anular, de mudar algo que o copiloto sozinho já tinha decidido, muitos dos passageiros, diria ate 100% acreditavam em Deus, eram temente a Deus, muitos foram abençoados por seus parentes, amigos para que tivessem uma boa viagem, muitos rezaram antes e depois do embarque, entretanto nada disso foi capaz de mudar algo que o copiloto já tinha decidido no seu  infinito e incompreensível egoísmo.

Portanto analisando friamente essa questão é  compreensível o titulo, pelo menos nesse caso, posso afirmar tranquilamente: FATO: DEUS É INDIFERENTE A EXISTENCIA HUMANA, se é que realmente ele existe.

Muitos vão afirmar que o que o homem realmente é senhor de si, embora um dia vai ter que prestar conta a ELE, se é assim, as coisas são ainda piores, pois esse 'dia', também pode ser indiferente ao homem ao planeta e ao próprio DEUS, nesse caso vamos ficar eternamente raciocinando de forma totalmente tímida, covarde e por fim conveniente para nós mesmos. Seria mais fácil acreditarmos que sim, o homem é o senhor de si, de sua vida, e em muitos casos senhor da vida de milhões de seus semelhantes, como já assistimos inúmeras vezes nas centenas de casos de genocídio que o planeta já  teve nos últimos  2 000 anos.

Eu acredito em Deus obvio, na mesma proporção que ele acredita em mim  enquanto homem e senhor de minha VIDA. MESMO PORQUE NADA QUE EU FAÇA, QUE EU DECIDO, E QUE EU PENSO É DE SEU INTERESSE, ISSO É FATO.