terça-feira, 25 de novembro de 2014

UMA SEMANA TRABALHANDO NA PETROBRAS - PARTE 2



SEGUNDO TITULO: SOMOS TODOS MAU- CARÁTER, E DAÍ?

Fato incontestável: se somos brasileiros, somos mau -caráter, não temos escrúpulo, não temos hombridade, não temos discernimento e desafio qualquer um tentar provar o contrario. Somos mau- caráter, é nossa cultura, ou, é nossa índole, nossa essência, nosso mau-caratismo é algo secular, está presente em nosso andar, em nosso pensar, olhar, na omissão, na inercia, no jeitinho, no bolsa família, no eterno desejo-sonho de se tornar Funcionário PUBLICO, até a forma de nos expressarmos indica nosso mau-caratismo, então quando um advogado diz literalmente que 'é da cultura nacional ser mau caráter, ele não está apenas sendo cínico, está sendo sincero, verdadeiro, então,  esse escândalo monstruoso na PETROBRAS, só é de fato ESCÂNDALO na imprensa tupinambá, pois não houve grito por parte da sociedade, não houve suicídio, algo comum em casos semelhantes no Japão por exemplo, não houve sequer pedido de desculpa, de DEMISSÃO, vai ver é isso não tem surpresa, é rotina coisinhas tipicas de pessoas mau- caráter.

Resumo tudo isso é a essência do Brasil, do brasileiro, minha sua , nossa.

Esse escândalo na PETROBRAS só abona nossa cultura, nossa índole,  algo comum, aqui ninguém está preocupado com os bilhões de dólares, com centenas de empresários bilionários presos, com centenas de políticos envolvidos, aqui nem mesmo a presidente da PETROBRAS pediu demissão.

COMPORTAMENTOS TÍPICOS DE UMA SOCIEDADE SEM CARÁTER.

A nossa indiferença, o nosso mau-caratismo é tão gritante, que todos deveriam orgulhosamente estampar na camisa o seguinte slogan: SOMOS TODOS MAU-CARÁTER, E DAI?