quarta-feira, 10 de setembro de 2014

...DESSE INFINITO 11 DE SETEMBRO NORTE-AMERICANO



Estamos vivenciando mais um '11 de setembro'  e nessa data sempre urge uma questão, afinal,  quantos 11 de setembro norte-americano ainda virão??

Desde aquela manha de 11 de setembro de 2001, a grande verdade que nada mudou, os EUA continuam incrivelmente arrogantes, ingênuos e absurdamente covardes, isso tudo em um pais tido como a mais hipócrita democracia do planeta. Não trato aqui de demonizar o cidadão norte-americano comum, lembro apenas que a percepção humana e democrática defendida por esse pais só faz propagar uma espécie de ódio generalizado contra os EUA. Obvio, não aqui no Brasil que tem os EUA como um verdadeiro alicerce mundial da moral e dos bons costumes igualzinho o cinema, mais digo em países onde a 'ideologia' humanitária e democrática tem um peso infinitamente mais  complexa e quase sempre mortal.

A decapitação ao vivo de um norte-americano é apenas parte desse show, digo, desse legado pós 11 de setembro, desse infinito 11 de Setembro norte-americano.

Anotem ai, inúmeros 11 de setembro ainda vão acontecer, FATO. O
 egocentrismo dos EUA É REAL E AO MESMO TEMPO, FANTASMAGORICAMENTE e  FANTASIOSAMENTE   FÚNEBRE.