quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

"FAÇO TUDO, CONTANTO QUE NÃO ME TORNE O QUE SOU"



SCHOPENHAUER escreveu: "A maioria das pessoas prefere fazer qualquer coisa a pensar e refletir. Para poder agir sem problema dessa maneira, eles recorrem a seguinte máxima: copie sempre os outros. Quando vejo um bando de gansos ou de rebanho de carneiros seguindo o líder seja onde for, quase consigo ouvir as seguintes palavras: "Faço tudo , contanto que não me torne o que sou!".

Ou de uma outra maneira: O teatro só termina, após a missa de  SÉTIMO DIA.