sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

1 ANO DA 'KISS', E A CERTEZA DO QUANTO SOMOS RETARDADOS E COVARDES



Tirando a morte de minha mãe, nada me entristeceu, nada me revolta, nada me indignou  mais do que a tragedia na boate KISS, que em pouco instante tirou de uma forma inaceitável vida de dezenas, centenas de jovens, de pessoas que seriam certamente algo digno de orgulho, não só para seus familiares, mais para o pais, uma vez que a maioria eram estudantes universitários.

Passados o primeiro ano da tragedia, a constatação é que, o BRASIL é de fato uma nação de RETARDADOS, de pessoas sem senso de justiça, sem percepção do que somos, de cidadania, sem noção sequer do ridículo que é o pais como nação, como sociedade. É inadmissível que hoje ninguém esteja preso, que nada mudou, que nada foi feito em pró de algo que seja envolvendo essa tragedia ou algo do gênero, nada foi feito, vai ver esses jovens morreram em vão, a troco de nada, apenas para abonar a nação ridícula que somos, a sociedade não se reúne nem mesmo para se lastimar do quanto somos acomodados, covardes e alienados. É REVOLTANTE

Em qualquer pais de merda, o prefeito, o responsável pelo corpo de bombeiros e o governador estariam, senão presos, pelo menos indiciados. Entretanto o BRASIL não é um pais de merda, SOMOS O PAIS DO FUTURO, DA COPA DO MUNDO 2014, DAS OLIMPÍADAS 2016, enfim um legitimo pais ESQUIZOFRÊNICO.