sábado, 1 de junho de 2013

...TERMINEI O POST, E AINDA NÃO TENHO UM TITULO



EU AMO A VIDA, não porque ela seja uma especie de dadiva divina ou alguma cretinice do tipo, AMO sobretudo por que enquanto VIVO tenho o prazer de acompanhar IN LOCO todas as monstruosidade de um SER que se acha fruto de um SER-DIVINO-QUALQUER, AMO porque enquanto VIVO tenho a oportunidade única de acompanhar IN LOCO o aperfeiçoamento da maldade humana, não que isso me de prazer, o prazer vem da hipocrisia em constatar o quanto nós nos achamos senhores da RAZÃO e da COMPLACENCIA.

Hoje cedo ouvi em uma radio a noticia que a policia prendeu uma mulher que sequestrou uma criança, bebe, cuja única finalidade seria MATAR, para posteriormente aproveitar os órgãos para SALVAR uma outra criança da EUROPA ou dos EUA, tanto faz, nesse caso, o tanto faz se aplica dos dois lados envolvidos, ou seria dos 3 lados, porque em nada diminui a desfaçatez, o sentido escravo do contexto, o sentido macabro da situação, e por fim o sentido NORMAL em que se encontra as partes envolvidas, pois para ESSES a NORMALIDADE em si mata alguem para salvar outra é algo não apenas assustador, mais compreensivel.

Terminei o post, e ainda não tenho o título.

Apesar da Mídia, da sociedade não concordar, não aceitar, numa especie fúnebre de negar os FATOS, isto que acabei de relatar é NORMAL em países do TERCEIRO MUNDO , algo que o BRASIL, apesar da propagada divulgação ao contrario, ainda é um legitimo representante.

O GAROTO DA FOTO É PAULINHO uma vitima:http://organsparadise.blogspot.com.br/p/the-story-of-paulinho.html