sexta-feira, 14 de junho de 2013

BIOGRAFIA HUMANA (IAN CURTIS E ALBERT CAMUS) PARTE 7

Ian Curtis - Parte 4


"24 Horas
Portanto, esta é a permanência, orgulho quebrado do amor.
 O que uma vez foi inocência, virado de lado.
Uma nuvem paira sobre mim, marca cada movimento,
Nas profundezas da memória, do que uma vez era o amor.
 Oh, como eu percebi como eu queria tempo,
 Colocar em perspectiva, tentou tão difícil para encontrar,
Só por um momento, pensei que eu encontrei meu caminho.
Destino se desenrolava, eu assisti ele escapar.
 Focos excessivos, além de todo alcance,
Solitários exigências para tudo o que eu gostaria de manter.
 Vamos dar um passeio para fora, ver o que podemos encontrar,
Uma coleção sem valor de esperanças e desejos passados.
 Eu nunca percebi os comprimentos que eu tenho que ir,
Todos os cantos mais escuros de um sentido que eu não sabia.
Só por um momento, ouvi chamar alguém,
Olhei além do dia na mão, não há nada lá.
 Agora que eu percebi como ela está tudo errado,
Ter de encontrar alguma terapia, este tratamento leva muito tempo.
Bem no coração do local onde a simpatia reinava,
Tenho que encontrar meu destino, antes que seja tarde demais."

"Tenho que encontrar meu destinho antes que seja tarde demais......................................"