quarta-feira, 24 de abril de 2013

MAIS DO MESMO NA AMERICA DO SUL: PARAGUAI ELEGE UM BANDIDO



Isso deveria ser estudado pelos principais cientistas políticos, antropólogos do mundo: A propensão dos habitantes da AMERICA DO SUL, de elegerem, 'democraticamente', lideres comprovadamente corruptos, populistas, demagogos e ditadores para governarem seus países. E o mais intrigante, isso não vem de agora, vem de décadas, ou sempre foi assim?

Atualmente de 80 a 90% dos presidentes dos países da América do Sul pertencem a esse grupo: Por exemplo: No  Brasil nós temos uma aloprada, incompetente, autoritária e arrogante no estilo de um Mussolini, Na Venezuela morreu um maluco e colocaram outro em seu lugar, na Argentina uma idiota que odeia a democracia, no Equador, na Bolívia idem e agora os eleitores do PARAGUAI elegerem alguem que é, comprovadamente um BANDIDO o tal do Horácio Cartes, o cara foi, é chefe de quadrilha, do narcotrafico, um bilionário que enriqueceu na mesma fonte que um FERNANDINHO BEIRA MAR.

E chega a ser surreal como a população ama, idolatra e respeita esses lideres das republicas das bananas, é incrível como a sociedade se dar por satisfeita com figuras tão obscuras governando seus países. Nesse caso o analfabetismo a alienação e a cegueira é algo que intriga qualquer intelectual que por ventura decidir estudar apaixonadamente este complexo desequilíbrio-mental-coletivo. Não há explicição.