segunda-feira, 15 de outubro de 2012

3 DIAS COM PATTI SMITH, BOB DYLAN E LEONARD COHEN - PARTE III

LEONARD COHEN assim como SMITH e DYLAN é um POETA, um dos principais das ultimas 4,5,6,7 décadas, e, após um longo período sem gravar, ele voltou em 2012, por isso o ano já merece ser tratado como GRANDIOSO, COHEN está de volta, há motivos para continuar VIVENDO, isto é fato, só por este pequeno motivo a VIDA VALE A PENA.





Amém


Diga-me novamente quando eu fui para o rio

E eu tomei a borda fora a minha sede

Diga-me novamente quando estamos sozinhos

E eu estou ouvindo

Ouvindo com tanta força que dói

Diga-me novamente quando eu estou limpo e sóbrio

Diga-me novamente quando eu vi através do horror

Diga-me novamente, diga-me mais e mais

Me diga que você me quer, em seguida,

Amém, amém, amém ... amém

Diga-me novamente quando as vítimas estão cantando

E as leis de remorso são restaurados

Diga-me outra vez que você sabe que eu estou pensando

Mas a vingança pertence ao Senhor

Diga-me novamente quando eu estou limpo e eu estou sóbria

Diga-me novamente quando eu vi através do horror

Diga-me novamente, diga-me mais e mais

Me diga que você me ama, então

Amém, amém, amém ... amém

Diga-me novamente quando o dia tem sido resgatados

E a noite não tem o direito de começar

Tente me novamente quando os anjos são ofegante

E arranhando a porta para entrar

Diga-me novamente quando eu estou limpo e eu estou sóbria

Diga-me novamente quando eu vi através do horror

Diga-me novamente, diga-me mais e mais

Diga-me outra vez que você precisar de mim, em seguida,

Amém, amém, amém ... amém

Diga-me novamente quando a sujeira do açougueiro

É lavado no sangue do cordeiro

Diga-me novamente quando o resto da cultura

Passou através do olho da câmara

Diga-me novamente quando eu estou limpo e eu estou sóbria

Diga-me novamente quando eu vi através do horror

Diga-me novamente, diga-me mais e mais

Me diga que você me ama, então

Amém, amém, amém ... amé
m