sábado, 18 de agosto de 2012

A VIDA E O CONFORTO EXISTENCIAL - PARTE II



A humanidade se divide em 2:

- O PRIMEIRO grupo é aqueles que juram que a vida, a sua vida em particular é uma dadiva de Deus, algo divino, para esses a vida está acima de tudo, ainda que esse tudo seja apenas um dogma religioso-qualquer, ou um tipo de estilo onde a sobrenaturalidade divida da vida se sobressai a tudo, até mesmo ao obvio da natureza, ou ao bom senso humano. É nesse grupo que estão os fanáticos religiosos, aliás os fanáticos de qualquer especie, os ideológicos cegos de percepção e os insuportáveis, humanamente falando.

- O SEGUNDO grupo se inclui a outra metade da humanidade, daqueles que acham que tudo tem uma razão, tudo tem um significado, um proposito, um sentido, para esses a vida é um maravilhoso enigma existencial. ´E nesse grupo também que existem os egoístas, aquela turminha que vivem em depressão, vivem aborrecida, estressada, e mal humorada, esse são os famosos chatos da humanidade, para eles a vida só faz sentido se a sua VIDA em especial for demasiadamente única, para esses viver é um sacrifício, eles não suportam a ideia, ou melhor o fato que ele, especificamente ele, é apenas 1 entres trilhões de seres vivos que habitante o mesmo planeta, digo o mesmo espaço.

Você escolhe, qual grupo você pertencem, não há terceira opção, e se houver é dos retardados mentais, daqueles que são indiferentes a tudo, até mesmo a própria  VIDA.

CONTINUA AMANHA.