quinta-feira, 31 de maio de 2012

A DESGRAÇA NA ESCOLA DR COCIO BARCELLOS

(MINHA FILHA NÃO É CACHORRA:http://xambioa.blogspot.com.br/2012/07/minha-filha-nao-e-cachorra.html)



Eis ai a continuação da serie: O INFERNO NA ESCOLA MUNICIPAL DR COCIO BARCELLOS,  em COPACABANA - parte 6

Sexta-feira passada, a direção da ESCOLA MUNICIPAL DR COCIO BARCELLOS na pessoa da diretora SOLANGE, prendeu minha filha dentro da escola por 1 hora e 15 minutos, das 11:45 do momento que a criança saiu da sala de aula, até as 13:00 da tarde, ela foi liberada justamente quando o turno da tarde estava entrando. Ficou provado que a diretora usou a minha filha como MOEDA DE TROCA, para forçar eu assinar um papel autorizando a criança sair sozinha das dependências da escola. DETALHE: até no dia anterior, tal autorização não era necessário, SEGUNDO, todos os santos dias eu mesmo espero minha filha em frente a escola, apesar de morar a poucas quadras da escola, ela ainda, não faz o percurso sozinha, o procedimento de esperar os filhos na parte  fora da escola é algo comum, dezenas de pais fazem o mesmo. TERCEIRO, em nenhum momento eu me neguei a assinar tal autorização, apenas não aceitei, ver minha filha sendo usada COMO MOEDA DE TROCA, e ligue imediatamente para o 190, isso depois da criança ter me ligado varias vezes, e somente as 12:00 ter consigo falar comigo, dizendo, sempre chorando, que  a escola não deixava ela sair, foi quando a ligação foi cortada, pois a diretora SOLANGE disse para ela que era proibido ligar, a criança, continuou refém da escola , por mais meia hora depois da chegada da policia. QUARTO, isso aconteceu, justamente em represália, pelo fato de tudo estar sendo publicado na INTERNET, e 24 horas depois de ter acontecido algo semelhante. Durante anos fiquei calado , nada fiz , apesar de varias professoras terem tido o mesmo procedimento, cansei , de agora em diante vai ser sempre assim, primeiro coloco na INTERNET, depois tomo as providências, nos orgaos responsáveis, não que espero que algo seja feito.

(NOTA: sinceramente não  lembro, mas se na escola DR COCIO BARCELLOS tiver câmera nas salas, basta algum orgão solicitar as imagem, para ver ao vivo, o completo SURTO da GUARDA MUNICIPAL , DA DIRETORA SOLANGE, e do policial MILITAR este totalmente indiferente, arrogante, e cumplice das atitudes transloucadas das outras, duas, se as imagem estiver áudio, melhor ainda, assim todos vão ver e ouvir as mentiras, os absurdos , o macabro e patético espetáculo que se tornou este caso)

POIS BEM, depois desse inferno, o que aconteceu de concreto???? NADA, tanto a diretora , quanto a professora continuam trabalhando normalmente, como se absolutamente nada estivesse acontecendo, a única coisa que elas fizeram, foi tomar providências no GOOGLE, para que o link não apareça quando se digita o nome da ESCOLA, não adianta, só vou tirar os link, quando tudo for resolvido, até lá podem pedir dezenas de vezes, o link vai sumir, mais logo depois aparece lá no topo quando se digita: ESCOLA MUNICIPAL DR COCIO BARCELLOS.. Vale lembrar que tudo que está ocorrendo é com APROVAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, afinal as 2, tanto a diretora, como a professora trabalha  décadas na escola e são consideradas por TODOS como excelentes profissionais.

Na ultima terça-feira, uma tal de professora APARECIDA do 2-CRE-LAGOA, que vem a ser uma especie de Ouvidora da secretaria para a Zona Sul, me ligou do telefone 21-2286-8531 (ligou também para o telefone pessoal da minha filha, aquele que disse que ninguém tem, inclusive o PRÓPRIO POLICIAL PEDIU PARA A DIRETORA SOLANGE QUE FOSSE APAGADO , da ficha da criança, uma vez, que os dois telefone, que sempre constaram, e que foram os unicos fornecidos no momento da MATRICULA,  estão a dispsosisão), tudo bem ela ligou para marcar uma reunião HOJE na sede do 2-CRE-Lagoa, reunião esta com uma pessoal chamada   MARIA LUCIA DA MOTTA MOSQUERA assessora adjunta da E/SUBE/2 CRE, isto mesmo seu nome é MARIA LUCIA DA MOTTA MOSQUERA, para saber de quem se trata, basta digitar seu nome aqui na caixa de pesquisa do blog, o mesmo no GOOGLE.

Não vou a dita reunião pelos seguintes, e óbvios MOTIVOS:

- Os envolvidos não foram afastados do cargo, isto quer dizer que nada vai, como sempre acontecer;

- A mediadora do encontra da OUVIDORIA DA PREFEITURA a mesma MARIA LUCIA, é uma cúmplice desses maus profissionais, como consta no próprio MINISTÉRIO PUBLICO,, na POLICIA, e no gabinete da juiza  doutora  IVONE, da vara do menor:

- O 2-CRE-LAGOA, onde fica a Ouvidoria só serve para humilhar quem dele precisa, já fui lá varias vezes, e nunca resolveram NADA, muito pelo contrario as coisas só pioraram.

PORTANTO, VAI AI RECADO PARA A SECRETRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, tudo que esta acontecendo na ESCOLA MUNICIPAL DR COCIO BARCELLOS, vai ser encaminhado, inclusivo o BO, do dia que a criança ficou em CARCERE PRIVADO, vai estar em breve no gabinete da JUIZA A  doutora IVONE FERREIRA CAETANO juíza da 1 vara da infância e da juventude, que acompanha o caso desta criança, minha filha desde o ano pasado. Só converso com alguem da SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, depois que os envolvidos foram afastados, e com presença de alguem do MINISTERIO PUBLICO, ou da própria doutora IVONE. O RECADO TA DADO.

Como nada disso vai acontecer, aliás., COMO NADA VAI ACONTECER, pois os envolvidos são tidos como EXCELENTES PROFISSIONAIS, e que durante décadas, eu fui o único a denuncia-los, nada de fato pode -se esperar. Aguardemos portanto os próximos capítulos vindo do inferno, que em se tratando de inferno, toda DESGRAÇA  é esperada. ONDE ISSO VAI PARAR, COMO ISSO VAI TERMINAR?????

Junho é o ultimo mês da minha filha em tal unidade escola, só espero , que , ela consiga sair VIVA DO INFERNO, E por falar nisso, os 2 policiais que lá estiveram, são testemunhas do ÓDIO  nas atitude da diretora SOLANGE.

(O comportamento estranho do POLICIAL MILITAR, uma vez que o correto era levar todo mundo para a Delegacia, foi informado a CORREGEDORA  DA POLICIA MILITAR. Assim como o SURTO de uma Guarda Municipal que dava proteção a diretora, com nome de guerra ARISTEU,  o mais estranho que no dia seguinte atravez do protocolo numero RIO-18626..., que fiz na corregedoria da GUARDA MUNICIPAL, eu fiquei quase 1 hora relatando o caso, no final a atendente não leu o conteúdo, só depois de ler na internet, que vi , que quase nada foi dito na reclamação, e o pior ela , a atendente como nome de Alessandra, mentiu em algumas ocasiões, depois quando liguei solicitando que o conteúdo da gravação, uma vez que foi gravado, fosse anexado ao protocolo, ela  se recusou, ou seja, PARA QUE  SERVE UMA OUVIDORA QUE PROTEGE A SI MESMA, este não é um caso, há tempos fiz uma reclamação na mesma ouvidoria da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, informando que um funcionário trabalha BÊBADO na sub-prefeitura,  aqui de Copacabana, Na rua Rainha Elizabeth, e o que aconteceu, NADA, estou esperando há meses  uma resposta, o punido no final fui eu uma vez que meu PROCESSO parou, desapareceu, e o BÊBADO, bom este ao invés de ir se tratar, continua batendo ponto todos os dias, as custas de nosso dinheiro,  e a mando do senhor EDUARDO PAES.)


Bom senhores e senhoras é isso. POR ENQUANTO, esse é meu calvário na maravilhosa cidade DO RIO DE JANEIRO.

ESTES SÃO OS E-MAILS QUE ESTE POST, esta sendo automaticamente ENVIADOS:


"netcgmp@mp.rj.gov.br, contato@safernet.org.br, embarcellos@rioeduca.net, disquedenuncia@sedh.gov.br, ouvidoriasme@sme.rio.rj.gov.br, disque100@sedh.gov.br, imprensa.prefeituradorio@gmail.com,claudiacostin@rioeduca.net "