sábado, 21 de abril de 2012

HOMEM DO ANO: JOSE PAVAN JUNIOR



A noticia mais gratificante da semana passada foi essa: "A prefeitura de PAULÍNIA, interior de SÃO PAULO, anunciou ontem o cancelamento da 5 EDIÇÃO DO FESTIVAL DE CINEMA. O prefeito JOSÉ PAVAN JUNIOR, declarou em comunicado que pretende usar cerca de 10 milhões de reais, que seriam gastos no evento na construção de escolas e casas, na saúde e em programas de meio ambiente".  Sinceramente não sei se a decisão do prefeito JOSÉ PAVAN JUNIOR é fruto de demagogia, não sei se ele é candidato este ano, não sei se ele é um prefeito exemplar, ou apenas mais um corruptor, não sei nada disso, não tenho tempo para ficar pesquisando a vida de ninguém nos google da vida, só sei o seguinte: SE DE FATO ELE DISSE A VERDADE, e somente a verdade, ele tem desde já meu apoio irrestrito, o resto é com os moradores da cidade.

PAULÍNIA se destacou nos últimos 5, 6 anos por ter idealizado e realizado o PÓLO CULTURAL E CINEMATOGRAFICO, vários filmes saíram da cidade, o polo cresceu, e logo nasceu também o FESTIVAL DE CINEMA, um dos mais aclamados pela dita grande midia nacional, FESTIVAL este que esta marcado para junho próximo.

No BRASIL o CINEMA e TEATRO não se sustentam vivem única e exclusivamente as custas do poder publico, ou via LEI ROUANET, ou por doações diretas de prefeituras, estados, ou do setor privado. O prefeito  de PAULINIA José Pavam Junior, ESTA CERTO, SE QUEREM  REALMENTE BANCAR A CELEBRIDADE DA VEZ, QUE SEUS ORGANIZADORES CORRAM ATRÁS DE OUTRO TIPO DE PATROCÍNIO, DE DINHEIRO, ACREDITO QUE DEVIDO A PUBLICIDADE, AS CELEBRIDADES, AOS NOTÁVEIS QUE TODO OS ANOS PRESTIGIAM O Festival de Cinema NÃO SERA IMPOSSÍVEL ENCONTRAR EMPRESAS QUE QUEREM BOTAR DINHEIRO  NO PROJETO, VISIBILIDADE HÁ, O QUE não podem, é , depois de 4 anos a prefeitura continuar bancando um projeto que pode ter todos as honrarias e méritos, mais que em si, não tem nada de SOCIAL, e para ser sincero muito menos de CULTURAL, CULTURA.

É obvio, que logo que o prefeito anunciou sua decisão muitas celebridades vieram se solidarizar com os organizadores do tal festival de CINEMA, o mais eufórico, foi o famoso cineasta FERNANDO MEIRELLES, eis a declaração do alcaide: "Já vimos muitos pólos nascerem e morrerem no BRASIL: Brasília, Ceará, Parana, Vitoria, será este mais um? É inacreditavel a falta de compromisso do poder publico para com o patrimônio cultural brasileiro, sim, pois, já tinha virado referencia no calendário da nossa industria". O cineasta FERNANDO MEIRELLES pelo jeito não é apenas um bom cineasta é também um excelente cínico e alienado. Em primeiro lugar, a prefeitura vai cortar os gastos com o FESTIVAL, não com o projeto como um todo, ,em segundo lugar, o poder publico de fato não tem que ter nenhum tipo de compromisso explicito com meia duzia de gatos pingados, que se tornaram 'genios' em seu meio graças ao famoso poder publico, dinheiro publico. Terceiro, o alienado FERNANDO MEIRELLES deveria saber que uma classe que não se sustenta, que vive as custas do nosso dinheiro, ela pode ter a mais honrada  das virtudes, só não tem é FUTURO. Por que os organizadores não vão bater na porta de uma AMBEV, COCA-COLA da vida, ou da própria REDE GLOBO. Por que eles acham que um pais sem saúde, sem saneamento básico, sem educação, sem isso, sem aquilo tem que ter a obrigação de bancar seus caprichos??? será o senhor FERNANDO MEIRELLES e toda sua corja será eles um bando de débeis. Já não basta a enxurrada de dinheiro publico  indo pelo ralo, com  a tal COPA 2014   e OLIMPÍADAS 2016. Se for para ser um hipócrita, prefiro ser um defensor do cidadão JOSÉ PAVAN JUNIOR.

E essa gente, tanto do TEATRO como do CINEMA só pensam em si, não tem um minimo de compromisso publico, ou responsabilidade ética, social ou o que quer que seja. EXEMPLOS? No ano passado aconteceu   um grave acidente em um TEATRO aqui na zona sul do RIO, envolvendo 2 grandes da REDE GLOBO, um dos produtores, diretores, resumindo, um dos responsáveis direto pela tal peça teatral, ou melhor PRODUÇÃO TEATRAL, era o gênio MIGUEL FALABELLA, o acidente se transformou em caso de policia, ouve feridos, ouve erros, imprudencia, e etc, o assunto ficou dias  na imprensa. No entanto em nenhum momento o simpático MIGUEL FALABELLA veio a publico, se desculpar, em fazer algum tipo de pronunciamento, o sujeito simplesmente desapareceu, como se não tivesse nenhum compromisso, nenhuma responsabilidade.

Esta semana o JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO, mandou dois jornalistas para PAULÍNIA, para ver 'in loco, o que se passa, segundo estes jornalistazinhos, o PÓLO DE CINEMA DE PAULÍNIA está parcialmente abandonado. É incrível mais até mesmo a dita GRANDE MÍDIA, acha que o poder publico, alem de gastar dinheiro construindo este ou aquele pólo, ainda tem obrigação de manter, ainda tem obrigação de todos os anos ficar bancando, com dinheiro publico, tais empreendimentos, eles em nenhum momento coloca o nome PATROCINADOR, em nenhum momento usa o termo buscar meios próprios para se manterem, para manter o projeto por conta própria, por esforço próprio sem necessidade do uso continuo do dinheiro publico, onde está a associação dessa corja, onde está as empresas que investem milhões de reais em patrocínio direito em peças teatrais em filmes cada vez mais caros e mediócres????. PARECE PIADA MAIS ISTO AQUI É BRASIL, tudo é levado a sério, tudo é levado as ultimas consequencias no sentido 'indignado de ser'.

LEIA OUTRO POST SOBRE O SIMPATICO  Miguel Falabella: http://xambioa.blogspot.com.br/2009/09/miguel-falabella-irene-ravache-edson.html