domingo, 4 de março de 2012

100 ANOS DE SOLIDEZ E PLENITUDE

 No próximo de 6 de março de 2012, o escritor GABRIEL GARCIA MÁRQUEZ completa 85 anos, MARQUEZ é autor do monumental CEM ANOS DE SOLIDÃO, em homenagem ao autor, resolvi comemorar décadas antes os 100 ANOS DE PUBLICAÇÃO DE CEM ANOS DE SOLIDÃO,  na festa, nas homenagem dos CEM ANOS da obra, ela estará sem duvida nenhuma solida e plena, a questão é, por que hoje nossa literatura é tão descartável, tão vazia de sentido e de leitores, hoje por exemplo o primeiro lugar na lista dos mais vendidos no quesito FICÇÃO está o 'O FESTIM DOS CORVOS' do escritor George R. R. Martin, no de NÃO FICÇÃO o mais vendido é o da Danuza Leão 'É TUDO TÃO SIMPLES', na lista de AUTOAJUDA encontremos o imbatível 'ÁGAPE' do escritor e padre nas horas vagas PADRE MARCELO ROSSI, a obra do padre é interessante durante muitos meses e meses, acredito que anos, o livro estava sempre na lista do JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO como pertencente a um livro NÃO FICÇÃO, de uns 2 meses para cá estranhamente o jornal resolveu colocar a obra no seu devido lugar, um legitimo AUTOAJUDA, sim porque a obra prima do momento é do mesmo gabarito de um clássico do AUGUSTO CURY ou pior ZIBIA GASPARETTO, é estranho porque o jornal levou tantos anos para perceber algo tão obvio, livro como os do padre Marcelo Rossi É, E SEMPRE SERÁ DE AUTOAJUDA, o que eu quero dizer é que nenhum desses livro chegará a 100 anos, na verdade alguns nem a 100 dias, é justamente pelo termo literatura descartável que a cidade, ou seria uma pequena e inesquecível aldeia MACONDO, chegará facilmente aos seus 100 anos. CEM ANOS DE SOLIDÃO não é apenas uma obra-prima destinada a chegar a 100, 300 anos é sobretudo uma obra para leitores, para bons leitores, desses que sabe ler e interpretar um texto, desses que gosta literalmente de ler, de literatura, algo definitivamente cada vez mais difícil de se ver, diria até impossível. CEM ANOS DE SOLIDÃO rumo as comemorações dos 100 anos de publicação. PARABÉNS A FAMÍLIA  Buendía, este singelo parabéns serve para hoje ou ... para daqui a 100 anos, se é algo que esta família tem é longevidade.