terça-feira, 3 de janeiro de 2012

STEVE JOBS, QUAL O LEGADO DESSE 'GENIO'?


O livro STEVE JOBS escrito por Walter Isaacson é a coqueluche do momento, e aí fico pensando o sujeito que compra a tal biografia é exatamente o que? Um retardado fanático por lixo tecnológico ou um alienado pois considera STEVE JOBS um legitimo gênio? O mais impressionante é a quantidade de pessoas que tem o cara, o finado como referencia em algo que seja, mesmo porque o próprio Walter Isaacson descreveu a personalidade de JOBS como um sujeito humanamente execrável, concordo que sua personalidade assim como sua vida pessoal não foi um exemplo digno de  santidade, concordo também se de fato ele foi desprezível o que resta então é a sua suposta genialidade, isto mesmo, na ocasião de sua morte,  li vários comentários de muita gente culta, intelectual chamando o cara de GÊNIO, até hoje não entendi, gênio por que? Qual a importância da Apple por exemplo, qual a importância dos iPhone e seus congeneres para o futuro da humanidade? STEVEN PAUL JOBS provavelmente foi o criador do sinistro conceito de LIXO TECNOLÓGICO, se isto é motivo para endeusamento é porque a humanidade de fato entrou para a ERA DA MEDIOCRIDADE. Daqui a 10 anos todos vão se perguntar qual o real legado de JOBS?  LIXO, milhões de toneladas de LIXO, eis aí o verdadeiro legado de STEVE JOBS, em um mundo cada vez mais metido a CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA, pode-se antecipar que o sujeito vai ter 1% da notoriedade de outro famoso, BILL GATES.


A seguir vou transcrever apenas 5 citações que a midia publicou, que coloco desde já, entre as 5 frases mais estupidas da humanidade nesta década:

- "As criações de STEVE JOBS tornaram o  nosso cotidiano mais agradável, bonito e eficiente, o Mac, o iPod, o iPhone e o iPad espalharam-se pelo mundo com a força de um renascimento cultural" (Frase proferida pelo tal do Fábio  Altman, na revista mais norte-americana, do Brasil VEJA)

- "Um homem para ser reverenciado daqui a 100 anos", Do mesmo alienado, ou melhor retardado;

- "Adeus ao Leonardo da Vinci da Era digital", advinhem quem foi o autor dessa inesquecível frase?

- "Tudo seria mais complicado sem ele" do retardado LEANDER KAHNEY autor do livro A CABEÇA DE STEVE JOBS.

- "OS produtos de STEVE JOBS tiveram tanto impacto em nossa cultura quanto o telefone e o carro. O mundo seria um lugar mais pobre caso não tivéssemos acesso as invenções dele", ainda do débil LEANDER....

Eis ai o cume da imbecilidade humana.

A proposito o sujeito que compra a biografia de JOBS , não é apenas um mero retardado, ou alienado, pois isto eu também sou, além de analfabeto, o cara é sobretudo um individuo com elevado deficit de atenção, a tecnologia pode ser tudo, menos elemento essencial e primordial para a humanidade, pois do contrario teremos que rever quais as reais prioridade humana e do planeta. A prioridade numero 1 da tecnologia é, e sempre será a de entreter, qualquer significado  além desse não passa de suposições e consequentemente alienação.