quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

QUAL A REAL FUNÇÃO DO STF DO BRASIL - PARTE 4

"O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, orgão de superior e ultima instancia, pela sua atribuição de proferir a ultima palavra sobre a constitucionalidade das leis votadas no CONGRESSO NACIONAL, dos atos praticados pelo Executivo, fulminando-os quando contrariarem a Constituição e, ainda mais, por dizer a ultima palavra que sela o processo (res judicata), exerce sobre os demais poderes públicos uma superior fiscalização.

O Supremo concentra cultura jurídica e consolida a nossa fé no poder incontrastavel do DIREITO. Além de profundo respeito pelas mais alta magistratura".


Este beletrismo é de autoria do nobre MILTON DUARTE SEGURADO, que escreveu "História Resumida do Direito Brasileiro", no livro o  professor Milton acrescenta "Cabe ao SUPREMO julgar o
Presidente e Vice Presidente nos crimes comuns, os Ministros de Estado e os ministros diplomáticos nos crimes comuns e de responsabilidade, conflitos entre a UNIÃO e os  Estados ou entre estes, litígios entre nações estrangeiras e a UNIÃO, ou os Estados; questões dos juizes ou tribunais federais entre si, ou entre estes e os dos Estados, assim como os entre juizes e tribunais de um Estado com juizes ou tribunais de outros Estados". O livro em questão é de 1982, antes da promulgação da atual Constituição, porém é atual e em algumas partes antológicas, como esta singela observação do professor MILTON DUARTE SEGURADO: "Dada a incapacidade do Legislativo para legislar - o que se observa ainda e principalmente hoje em todos os países do mundo - a legislação era apresentada pelo próprio Executivo sob forma de decreto-leis. O Legislativo, ainda mais hoje, não funciona e custa caro - é puro capacho de emprego. Fez bem VARGAS em suprimi-lo. Quinze anos de economia e ausência de verborreia parlamentar da pior especie, da especie CRETINA", e aí, é ou não é atual, é ou não é antológico, BRAVO professor BRAVO saudades.



Ok, ok, vamos voltar ao proposto, Qual o papel do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DO BRASIL? como descrevi a responsabilidade da atual turma do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL é imensa, e exatamente por este detalhe, é decepcionante, para não dizer RIDÍCULO. Hoje o principal papel dos nobres ministros é de ABONAR o que existe de mais degradante no Legislativo, no Executivo e no próprio JUDICIÁRIO, ou seja se u SOPREMO não exerce seu papel, se furta, se acovarda, se omite, diante disso eu questiono. Qual a representatividade do STF, em nossa sociedade atual? Qual a representatividade de uma instituição que é presidida por um vagabundo como CEZAR PELUSO, ou de seu antecessor GILMAR MENDES, o Mendes chegou a ser vaiado varias vezes, chegaram a pedir seu IMPEACHMENT, a imprensa não aponta o dedo porque é outra covarde, tem receio de ser acusada de estar obstruindo a tal da CONSOLIDAÇÃO DEMOCRÁTICA, como se um JUDICIÁRIO FRÁGIL fosse sinonimo de democracia consolidada ou algo do gênero. O STF não fiscaliza, não se impõe, Não tem nada de INCONTRASTÁVEL, são vários os equívocos, alguns chegam a ser absurdos tamanha a distancia, discrepancia entre a a letra da lei e a aplicabilidade junto ao cidadão comum, em alguns casos os ministros agem como se nossa CONSTITUIÇÃO fosse uma BÍBLIA SAGRADA, onde a blasfêmia é um PECADO CAPITAL, os nobres ministros são tão alienados, tão ridículos que qualquer cidadão com um minimo de saber, sabe que a nossa constituição é um MONSTRENGO e quanto mais eles se orgulham de serem os guardiões deste monstro, mais eles se tornam patéticos e ridículos. Quando um ministro diz que o SUPREMO é o guardião da CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO PAIS, ele está sendo sincero, e o pior, esta sinceridade não é deles e sim a copia de seus pares norte-americanos, porque l´´a sim existe sinceridade quando pronunciam que são de direito de fato os guardiões de sua constituição. RESUMO. os MINISTROS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DO BRASIL não são sérios, são vagabundos, pois somente seres sem escrúpulos, sem hombridade seriam capaz não apenas abonar mais o pior, se ORGULHAR DE UMA CONSTITUIÇÃO IMPRESTÁVEL, literalmente imprestável que só serve para ridicularizar o pais, um lixo. Os atuais ministros são bufões, não são serio, não tem compromisso com o PAIS, COM UMA REFORMA, NÃO TEM BANDEIRA REFORMISTA, não tem tem interesse pelo zelo publico, pela ética, não se expressa como legitimo representante daquilo que todos esperam de um STF, não se interessam por uma JUSTIÇA ÁGIL, não se sente responsáveis pela moralidade publica, não são sinonimo de JUSTIÇA PLENA E DIGNA, não são nobres, não se ESFORÇAM PELA MODERNIZAÇÃO DO JUDICIÁRIO, não se sentem responsável POR UMA REFORMA CONSTITUCIONAL, não se sentem RESPONSÁVEL PELO EXCESSO DE BUROCRACIA NA PRÓPRIA JUSTIÇA, pela lentidão, não tem compromisso com ÉTICA, talvez seja por isso que eles não se sintam HUMANOS, para mim por tudo isso e por tudo que vou publicar neste mês de JANEIRO DE 2012, eles são de direito e de fatos, BANDIDOS

STF DO BRASIL INSTITUIÇÃO DE NOBRES E VAGABUNDOS - PARTE 4.