sábado, 28 de janeiro de 2012

DIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DO BRASIL. VAMOS COMEMORAR


Hoje 28 de janeiro de 2012, é dia nacional do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DO BRASIL, dia de homenagear, dia de agradecer tudo que esta nobre corte tem feito por nós, pobres e ridículos mortais, agradecer todas as decisões que mudaram nossas vidas, agradecer tudo de sublime, tudo de honrado que estes ministros fazem diariamente , incansavelmente com o intuito de proteger a mais bela obra  já feita pelos brasileiros, a nossa ilustre CONSTITUIÇÃO FEDERAL, vamos lá galera hoje é dia de agradecer os ministros do SUPREMO TRIBUNAL DO BRASIL, porque ELES MERECEM. Pensando nisso resolvi por livre e espontânea vontade fazer uma singela homenagear para os nobres ministros do STF. Vamos lá:

- PIADA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DO BRASIL - Todos os ministros sem exceção se orgulham de seres os famosos guardiões , os incansáveis defensores de nossa RIDÍCULA CONSTITUIÇÃO. Imagine-se por um centésimo de segundo, se esses nobres fossem guardiões de nossa CIDADANIA. Imaginou? Suicide-se antes que seja tarde. Detalhe no ato de sua promulgação a CONSTITUIÇÃO foi aclamada como CONSTITUIÇÃO CIDADÃ, pano rápido.

- O JULGAMENTO DO MENSALÃO não será apenas um momento único, na historia do STF, será também o cume da subserviencia, será o momento sublime de quanto a justiça nacional é ridícula, chula, imprestável e ato continuo dispensável. Dispensável não no sentido literal, e sim no de reforma, de se mudar radicalmente os alicerces da democracia e do próprio conceito de justiça. O julgamento do mensalão é o momento único em nossa democracia, ficará provado o quanto nossa lei é ilusória, a tal ponto que nem os próprios ministros acreditam nela. O descaso do STF com este julgamento é a comprovação cabal , incontestavel de que temos uma justiça de faz de conta.

- Qual a justiça que queremos? A justa, a que puni, a que castiga, a que condena , a ágil,  ou.... a que premia???????????????

- Um juiz não precisa, nem sempre, ser reto, imparcial e nem integro, basta que ele seja humano, e tenha percepção do valor, do peso dessa 'humanidade'.

- No sentido literal não existe JUSTIÇA NO BRASIL, não se pode considerar como tal, uma instituição que leva anos, e mais anos, as vezes décadas para pronunciar um veredito.

- No SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL um ministro demora mais tempo redigindo seu beletrismo do que pronunciando um veredito.

- Cada voto de um vagabundo do STF em Brasília é um verdadeiro, uma verdadeira obra-prima tamanho é o carinho e preciosismo que estes empregam com as palavras, para justificar seu voto, talvez seja este o motivo, que eles reclamam de que o salario de 30.000 por mês é pouco , muito pouco. Faz sentido, cada trabalhador tem o salario que merecem.


- O brasileiro se coloca entre aqueles que mais reivindica justiça, e porque não, entre aqueles que mais acredita na justiça (incluindo a divina) . Será por isso que nossos juizes se comportam como verdadeiros DEUSES tupinamba.


- Tirando o egocentrismo , o que justifica um juiz aceitar ser nomeado como ministro de justiça, do SUPREMO no Brasil? Será o salario, as mordomias, ou a certeza de que lá, é a única instituição que os coloca lado a lado com o TODO PODEROSO.


CONTINUA AMANHA