quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O GRANDE INQUISIDOR DE DOSTOIEVSKI - PARTE 8

Resumo da opera, a lição que fica é apenas uma, DEUS enquanto DEUS, continuara silencioso, nos observando e o melhor inexplicavelmente enigmático. Se ele não faz a menor questão de aparecer, de se explicar, por que iremos nos angustiar com sua magnifica superioridade celestial? Tratemos então DEUS como ele nos trata com silencio e respeito,, alias um respeito demasiadamente respeitoso, portanto isto é o melhor que podemos fazer a humanidade e consequentemente ao próximo.

O melhor de DEUS não é ao contrario que muitos pensam a sua INFINITA BONDADE, e JUSTA JUSTIÇA, o melhor do sagrado é podermos ter suprema liberdade de expressão de critica-lo e as vezes de questiona-lo. Se ele de fato é tão bondoso e justo, que não duvido, é plausível que ele, lá do alto , ele também aplaude seus críticos, ou será que ele abonaria um mundo repleto de fanáticos e puxa-sacos??? Que DEUS exista, mais não em troca de minha lucidez.!

CONTINUA AMANHA.