quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

A LÓGICA DA UNANIMIDADE

A lógica da unanimidade é a seguinte: 5 nomes renomados elogiam, 30 propagam e 1.500 abonam, quando chega a este ponto é porque um filme, uma personalidade-celebridade ou um livro esta pronto para alçar voo. Dentro dessa lógica a unanimidade se torna magnificamente unânime e mesmo que existem criticas, erros e absurdos ainda assim seu sucesso estará garantido, pois a quantidade daqueles primeiros 1.500 que abonaram dobram a cada 2 horas. Isto se da principalmente porque vivemos na era da ausência de personalidade própria, opinião própria, as pessoas abdicaram de ter seu próprio ponto de vista em pró da opinião predominante, é como se para algo ser considerado sublime, este algo tem que ter o aval da maioria esmagadora, pois se não tiver não é sublime, é apenas interessante, da mesma forma se conclui sobre a critica, algo é ruim, péssimo ou inconveniente não porque chegamos a minuciosa conclusão pessoal que de fato seja, e sim porque a maioria ratificou como sendo.

A principal consequencia deste absurdo , é que, ao abdicarmos de termos nossa própria percepção do que vem a ser bom ou rim, estamos renegando o tempo que temos em pró de porcarias, pois quando perdemos 3 horas assistindo um filme, uma porcaria tida como excelente, ou quando passamos 1 semanas lendo um livro tão somente porque este passou 1 ano na lista do The New York Times, ou ainda, porque compramos um DVD pois este está em primeiro lugar nas listas dos mais vendidos, quando isto ocorre, estamos deixando de lado os filmes, os livros os pequenos prazeres que sabiamente e comprovadamente nos satisfaria.

O pior é que as verdadeiras obras-primas da humanidade vão ficando encubados, até quem sabe, daqui a 30 anos alguém preste atenção neste livro, neste musico e neste filme que foi distribuído silenciosamente na semana passada em apenas 2 salas de semanas. É isto aí está é a lógica da UNANIMIDADE.