quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

GRANDEZA E DECADÊNCIA

É interessante a nossa percepção de crescimento economico do que vem a ser desenvolvimento economica, para nós o BRASIL finalmente chegou ao futuro, finalmente saímos da desgraça existencial para a sonhada bonança financeira. Infelizmente isto tudo não passa de mais uma lorota bem no estilo 'jeitinho brasileiro', a grande e intragável verdade é que para se medir literalmente se estamos bem na foto ou não, bastas apenas analisar minuciosmente 3 critérios:

1 - EDUCAÇÃO, neste quesito não vou me prolongar, o nível educacional é lastimável, isto em todos os níveis e esfera da sociedade;

2 - INFRAESTRUTA, é justo afirmar que se não temos um razoável nível educacional a infraestrutura também é pífio, e relacionar um item com o outro é apenas uma questão de educação, e obviedade;

3 - "Por que o BRASIL não avança no numero de patentes internacionais?""

RESPOSTA: " Em economias saudáveis, a maior parte das patentes é feita pela industria - cerca de 95%. Nossa fraqueza vem da limitação do esforço empresarial em pesquisa, além da pouca ousadia... O numero de patentes brasileiras registradas nos EUA está estagnado desde 2003. Em 2004, registramos 106. A China registrou 404. Em 2009, nosso numero caiu para 103. A China saltou para 1 655. No BRASIL, falta pesquisa e ousadia na industria". ( A pergunta foi feita pelo jornalista do ESTADÃO Alexandre Gonçalves, e a resposta é do professor CARLOS HENRIQUE BRITO CRUZ, o interessante na resposta é que ele nada comentou dos números da ÍNDIA, o que seria mais justo e consequentemente mais vergonhoso.

Portanto não basta bolsa-família, classe media dando as cartas, ou a pobreza passeando pela primeira vez de avião, é preciso muito mais para o pais se consolidar definitivamente como uma GRANDE Nação. Pelo ANDAR DA CARRUAGEM, VAMOS CONTINUAR PELOS PRÓXIMOS 10 DÉCADAS, 100 ANOS, SENDO A REPUBLICA DAS BANANAS E BANANAS, POUCO IMPORTA SE A QUANTIDADE DE MILIONÁRIOS QUADRUPLICOU OU SE NOSSOS FILHOS TEM INTERNET NO QUARTO, SE NÃO HOUVER UMA MUDANÇA RACIONAL E RADICAL DE PERCEPÇÃO DO QUE VEM A SER REALMENTE PRIMORDIAL PARA O PAIS, VAMOS CONTINUAR SENDO OS PÁRIA DO TERCEIRO MUNDO, NA MELHOR DAS HIPÓTESES UMA NAÇÃO DE PSEUDOMISERAVEIS.

TUDO ISSO PARECE ÓBVIO, E É, TALVEZ O QUE NÃO SEJA ÓBVIO É A NOSSA ETERNA MANIA DE GRANDEZA, PENSANDO BEM FAZ SENTIDO, COM UM BABACA-EGOCÊNTRICO, COMO PRESIDENTE DA REPUBLICA.... O QUE O REI FALA, OS SUDITOS PROPAGAM OU MELHOR ETERNIZAM.

VIVEMOS ATUALMENTE O SONHO DE GRANDEZA, MAIS O QUE SOMOS MESMO É DECADENTE NO SENTIDO MAIS HIPÉRBOLE DO TERMO.