terça-feira, 14 de dezembro de 2010

COMPLETAMENTE SÓ

Desde o inicio que sabemos, aprendemos que SOCIEDADE é a "reunião de pessoas que tem a mesma origem, os mesmos usos  e as mesmas leis", ou então, "companhia de pessoas que se juntam para viver segundo as regras de um instituto ou ordem religiosa", ou este ultimo, "união de pessoas ligadas por ideias ou interesses comuns", analisando estes conceitos podemos concluir que o homem é um ser magnificamente humano quando vive, quando esta literalmente em uma SOCIEDADE, o problema é quando este mesmo homem separa a silaba SO - da CIEDADE, quando se perceber estar COMPLETAMENTE SÓ.

O estar só é um enigma, até hoje ninguém conseguiu esclarecer porque mudamos tanto de caráter, de atitude, de personalidade quando nos sentimos só, quando estamos só, as vezes fica-se com a nítida impressão que o verdadeiro homem é aquele que se mostrar quando estar só, ou, o homem vive em sociedade apenas por imposição da mesma, ele só aceita as regras por receio de ser rejeitado, ou, a sociedade é a maior hipocrisia que a humanidade já conheceu, uma vez que o verdadeiro homem só aparece, só se mostrar, estrando só, só mostra sua essência quando as luzes se apagam.

Tudo isto pode ser paranóia, mais observem atentamente que o homem, ou melhor nós,agimos de uma forma completamente irracional para não dizer monstruosa quando percebemos que não há ninguém por perto, quando não há ninguém nos observando, nos vigiando e com a praga das câmera de seguranças e etc, se nota que, quando se estar só, nós agimos de acordo com nossos verdadeiros instintos que de humano não, digo, nunca teve nada. Quando estamos só, desaparece, as leis, a virtude, a moral, a religião, o discernimento e o bom senso. Alguém já disse que a humanidade é uma fraude, pensando bem faz sentido, pois quanto mais se estuda , se pesquisa o lado negro, obscuro do ser humano mais perto chegamos de dizer que o homem é o animal IRRACIONAL mais fascinante do meio ambiente (meio ambiente?), ou então que o homem é o animal mais IRRACIONAL e mais perverso da face da terra, como queiram.

"É grande loucura querer ser sensato estando completamente só". (L.R.)