quarta-feira, 13 de outubro de 2010

DILMA ROUSSEFF, O ABORTO, A RELIGIÃO E A HIPOCRISIA

O aborto no Brasil é crime, isso é fato. É provavelmente o delito mais praticado, mais aceito, mais controverso, o que mais reina a hipocrisia, e por fim o mais banal. De tempos em tempos a questão ressuscita em discussões e debates bem acalorados, é este fantoche ridículo que a midia no momento está propagando sobre a posição duvidosa da poste, digo da senhora  DILMA ROUSSEFF sobre aborto, claro, tudo embutido dentro de um contexto supostamente RELIGIOSO. A questão em si poderia passar despercebido se não fossem os moralistas de plantão. A discussão seria útil se fosse a primeira vez e se houvesse oportunidade de sair algo de concreto dela, o que não é o caso, como sempre vai haver muito oba oba, e daqui a pouco tudo, mais uma vez cairá no esquecimento, até a próxima. O aborto é banal no sentido de ser algo rotineiro, que acontece em todos os municípios brasileiros, todos os dias, centenas, milhares de vezes ao dia, abortar em nosso país é tão, ou mais comum que um parto normal, só para citar o exemplo mais complexo. O que não dar, é para entender porque tanta gente se recusa a ver o óbvio,que acontece com tanta frequência, independentemente de classe social ou de qualquer outra coisa. Eu sou contra o aborto, porém minha opinião é ridícula, perto da real necessidade que se tem em oficializar por lei, algo já oficial entre as brasileiras. A lei do aborto, só não é mais ridícula, porque tem gente, tem idiota que o defende, com unhas , dentes, e muita hipocrisia. Nós precisamos é parar de ser hipócrita, e procurar darmos condições para todas aquelas que por um motivo ou por outro tem necessidade de evitar, uma gestação, que por motivos intimo, financeiros e etc, não se quer e não deseja , para que elas tenham condições mínimas de atendimento medico. As pessoas que são contra o aborto, baseado, na moral, na religião ou seja lá o que for, deveriam se envergonharem de serem tão burros, de terem um posicionamento tão retrogrado, como por acaso se tivessem o direito de legislar sobre a vida intima de cada um.

O meu voto neste segundo turno será, por absoluta falta de opção,em JOSÉ SERRA, mais não porque ele é a favor da vida, ou algo idiota do tipo, e sim porque é um administrador nato, coerente e com capacidade para administrar uma nação de dimensões continentais como a nossa. A questão sobre o aborte no que diz respeito a senhora poste DILMA ROUSSEFF é ridícula, hipócrita e de nada serve para a questão , no que diz respeito a mulher, a criança e a própria saúde publica.


A MORAL DO BRASILEIRO, é falsa, nós somos falsos, pois se de um lado condena qualquer pessoa que fala seriamente sobre o aborto, por outro lado endossa politico sem nenhum tipo de ética, moral, e condições para assumir qualquer cargo publico , que seja.