quarta-feira, 6 de outubro de 2010

DEMOCRACIA ANÁRQUICA E O ELEITOR MAL CARÁTER - PARTE II

Quando se tem o Presidente do Supremo Tribunal Federal que não condiz com o cargo, que se omite diante das necessidades  da sociedade, que se acovarda diante da urgência de tomar uma simples decisão, quando se tem um presidente da republica arrogante e ignorante ao extremo, quando se tem um presidente que dá nojo toda vez que abre a boca, quando se tem um congresso repleto de demagogos, corruptos, ladrões e pilantras, quando se tem uma OAB que nada representa, quando se tem uma presidente de uma instituição financeira como a senhora MARIA FERNANDA RAMOS  COELHO da CAIXA ECONÔMICA Federal que acoberta uma quadrilha em uma de suas agencias, os exemplos são aos milhões e quando mais se mostrar, mais fica claro o tipo de democracia hoje no Brasil, pois é isto, hoje nossa democracia esta entre a anarquia e a democracia plena, ora pende para um lado ora para outro.

Da mesma forma são os eleitores deste pais, que chamei ontem de eleitor mal caráter que de cidadão não tem nada, chega a ser hilario todos dizerem que hoje tanto faz Serra como Dilma pois no dia 1 de novembro ou primeiro de janeiro nada muda, pois todos jugam no alto de sua intelectualidade que nossas instituições estão consolidada, que tudo está de pleno acordo. É estranho ver uma sociedade que elege ladrões, corruptos , demagogos, com a mesma plenitude que elege um deus, é estranho ver que todos estão satisfeito com seu próprio senso , com sua própria ausência de percepção do que realmente seja politica. E é ainda mais estranho percebe, que no ano que vem nada vai mudar, tudo vai continuar funcionando, assim como funcionam hoje perfeitamente o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, O CONGRESSO NACIONAL, A PRESIDÊNCIA DA REPUBLICA e a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DA SENHORA MARIA FERNANDA RAMOS COELHO. Realmente é tudo muito estranho.