quinta-feira, 16 de setembro de 2010

A DEMOCRACIA IDIOTA DA REVISTA VEJA

Todos sabem, inclusive seus mais de 1 milhão de leitores, que a VEJA é uma BOA revista, uma revista BOA (o 'boa 'aqui é sinonimo de mediano), isto que dizer que o conteúdo da revista não é ótimo, nem excelente, também não é ruim ou péssimo, é simplesmente BOA. Pois é comum se ler na REVISTA VEJA, na mesma edição uma matéria SUBLIME, e na pagina seguinte uma reportagem , uma nota, ridícula, péssima, as vezes com indisfarçavel toque de preconceito, racismo bem no estilo nazista de ser. Em resumo, a paulista VEJA é a única revista-semanal-nacional que merece ser citada, quanto a este detalhe todos concordam, e ela é BOA exatamente por oscilar entre o tosco e o sublime, o que falta para a revista ser excelente, otima, é algum tipo próprio, de padrão de qualidade, padra de critica, enfim padrão de bom senso, parece algo fácil, mas não é, pois este tipo tão simples de padrão editorial a VEJA não tem, é comum ler na revista, na mesma nota, por exemplo, uma exagerada reverencia em torno de um jornalista, e na mesmíssima nota a revista trata com deboche e sarcasmo um outro jornalista, principalmente se este outro jornalista for funcionário do grupo RECORD, ou então para ser mais explicito do grupo do presidente LULA, e é por exemplos como estes que a VEJA se pauta, quase sempre e lamentavelmente por um estranho senso de imparcialidade. (aliás só a título de lembrete, por que a revista nunca realça, nunca lembra, nunca comenta que o TEMIDO FRANKLIN MARTINS FOI durante oito anos, O COMENTARISTA POLITICO MAIS VISTO E RESPEITADO da REDE GLOBO,da Globonews e da radio do mesmo grupo ,CBN???)

Tá, tá, tá não vou aqui ficar perdendo meu tempo realçando a genialidade e a ridicularidade pessoal da REVISTA VEJA. O título deste post, não tem nada haver com estes tipo de pormenores, pois quero trata exclusivamente de uma matéria publicada na edição que foi as bancas no ultimo dia 8 de setembro de 2010, com o título de : "UMA GUERRA A MENOS?", assinada pela jornalista-reporte ANA CLÁUDIA FONSECA.

CONTINUA AMANHA.