domingo, 1 de agosto de 2010

O OTÁRIO E O CELULAR

O CELULAR, O OTÁRIO E A CÂMERA-FILMADORA

Com a difusão generalizada da câmera, filmadora em celulares, tem surgido um novo tipo de otario, é o otariocybernetico, ou otariotecnologico, ou otarionet, ou.... que vem a ser aquele individuo que paga 300, 450, 600 reais para assistir um SHOW, e quando chega o dia, a hora, o que acontece??, ao invés do cara curtir literalmente a apresentação de sua banda, cantor favorito, o otario fica lá, em pé com a mão direita levantada, com o celular na mão filmando minuciosamente tudo que se passa no palco. Dia desses assistindo um apresentação de rock, eu vi milhares desses otario em ação.inicialmente parecia isqueiros, como outrora era comum, mais não, o otario deixa de curtir o show para ficar igual a um babaca filmando tudo para depois portar no YouTube, ou simplesmente arquivar, em um arquivo morto.Semana passada, levei pela primeira vez a minha filha no ZOO aqui do Rio (que por sinal não recomendo), e pasmem, tinha centenas desses otario filmando as cobras, as girafas, os macacos, as cabras e os burros, parece SURREAL, e é. Como se vê já não fazem mais OTARIOS COMO ANTIGAMENTE.

Ia esquecendo, tem também aquele babaca, que não pode ver uma confusão no transito, uma morte no asfalto, um pivete trabalhando, que pronto, logo ele tira sua filmadora-celular do bolso e começa a filmar, e tudo obviamente com a esperança de flagrar uma coisa digna de ir parar em um desses telejornais avido por novidades fresquinhas, quase que , ainda, escorrendo sangue.