quarta-feira, 18 de agosto de 2010

A CRITICA DO SENSO CRITICO

É vergonhoso que um pais de dimensões monstruosas como o BRASIL tenha um tipo de senso critico exageradamente conveniente, exageradamente bobo, sem nenhum tipo de raciocínio lógico no propósito de aperfeiçoar, colaborar na percepção de algo produtivo, algo construtivo, o que existe hoje é um tipo bizarro de censo critico que é sinonimo de comodismo, onde todos tem uma estranha ponderação na critica sempre com o receio  de ser criticado,de ser tratado com indiferença, é algo macabro, mais aqui há sempre e sempre de se ter um OLHAR ESTRANGEIRO para criticar algo que seja, caso contrario fica parecendo que todos estão perfeitamente bem, que tudo corre as mil maravilhas, que aquela famosas constatação que fiz anos atrás, de que o brasileiro se especializou de viver de sonhos e carnavais, é a pura verdade e isto no sentido mais desanimador do termo.

O critico brasileiro ele se omite em sua própria analise dos fatos, primeiro para não perder espaço na midia, segundo sempre com o proposito de agradar alguém, seja uma instituição, uma empresa, ou mesmo seu historico . Aqui quem ousar criticar o criticavel é malhado, é taxado disso ou daquilo, definitivamente....é uma vergonha.






Infelizmente, não se pode sequer afirmar que aqui algum tipo de 'perda da consciência critica', pois simplesmente não há consciência critica no BRASIL , e se não há, não houve perda, a coisa é muito mais complexa, do que supõe nosso conveniente senso critico. Principalmente quando se conclui que o senso critico do brasileiro, o nosso, é COVARDE, OMISSO, é covarde no sentido de se explicitar o que se pensa estar criticando, aqui não há a ideia da critica em forma de debate, de analise, de se fazer historia, para ser mais contundente, não há mesmo critica no sentido mais simples do termo, o que há é algo covarde, e extremamente vago, há um tipo de senso critico onde na verdade está mais para senso de elogio do que o contrario. Aqui ninguém se revolta, ninguém fica indignado, ninguém grita, ninguém faz nada diferente,todos só falam o propagado e o abonado, aqui ninguém fala mal de ninguém, ninguém propõe nada diferente, ninguém ousa falar sequer o obvio, ninguém vai além do conveniente de sua própria personalidade, carreira e hipocrisia, até parece que há no pais uma especia de pacto em que todos estão combinados que poupar as instituições, salvar a honra dos hipócritas, dos eleitores e dos demagogos , é de fato o que importa. Baseado nisto tudo, posso muito bem formular uma TEORIA,a de que no BRASIL não há critica, senso critico, porque não há CRÍTICOS no sentido literal da expressão, pois como se sabe onde há covardes, não pode mesmo haver SENSO CRITICO.



O BRASILEIRO É O ÚNICO SER, QUE SE ORGULHA DE SER IMPARCIAL....



A IMPRENSA NACIONAL SE ORGULHA DE SER IMPARCIAL.. O INTELECTUAL SE ORGULHA DE SER IMPARCIAL, E A CRITICA ABUSA DO SEU DIREITO, PASMO, DE SER IMPARCIAL....A JUSTIÇA BRASILEIRA SE ORGULHA DE SUA PARCIAL IMPARCIALIDADE. É triste, é melancólico, mais ao mesmo tempo é hilario digno de uma autentica PIADA NACIONAL.Alías nós somos , sempre , e sempre, seja de que angulo for, de que nível for sempre uma piada nacional, DILMA ROUSSEFF GANHAR NO PRIMEIRO TURNO..???? SÉRGIO CABRAL FILHO GANHAR NO PRIMEIRO TURNO..?? ?Existe piada mais tosca....????



AMANHA ;.., VERGONHA DE SER BRASILEIRO