sexta-feira, 16 de julho de 2010

CQC, PANICO E O HUMOR FUNESTO


Muita gente diz que não existe programa humorístico politicamente correto, que o humor para ter status de humor tem que trilhar o deboche escancarado, até concordo, desde quando se colocar o JO SOARES, CHICO ANYSIO, TOM CAVALCANTE, entre outros da mesma estirpe, como patriarcas deste tipo de humor politicamente incorreto, o que não concordo é colocar programas funestos como CQC, da BAND e PANICO da .. qual mesmo o nome da emissora??, no mesmo rol dos verdadeiros humoristas, chega a ser surreal chamarem estes programas de humor.

Não se pode chamar de humor programas como este CQC e Pânico que tem como lema o sarcasmo, o ridículo, o preconceito, a intolerância o deboche e todo tipo de impropério que nada tem haver com o verdadeiro humor, a menos obviamente que o sujeito tenha algum tipo de debilidade e considere tudo isto motivo para riso, pois como se sabe existem fã para tudo, inclusive para devoradores de merda...a forma como estes programas trata as pessoas, personalidades ou não, é tão ultrajante, que chega a ser criminosa, é um tipo de agressão tão gratuita que não justifica tamanha desmoralização publica de tais pessoas, e ainda tem o débil mental que se alarma toda vez que alguém resolve cuspir na cada dos ditos humoristas, ou seja os caras tratam todos com um tipo de reverencia desprezível, e ainda merecem credito, respeito e dignidade, só pode ser piada do zé do caixão.

CONTINUA AMANHA