domingo, 16 de maio de 2010

TODOS SÃO NAZISTAS - PARTE 3

O povo judeu por motivos compreensiveis, óbvios, tende a se lastimar profundamente em referencia ao holocausto, pois por muito pouco não foram varridos da face da terra, no entanto este é mais um caso de endeusamento em relação ao seu próprio martírio, no sentido que nada na historia humana se compara ao genocídio mortal e moral que ocorreu e ocorre no continente africano, ou alguém aí é bastante estúpido a ponto de achar que existe na face da terra da humanidade, algo mais abominável, assustador e inaceitável do que a ESCRAVIDÃO, os negros ainda tem o agravante a de que até hoje sofrem escandalosamente uma espécie de holocausto brando, pois continuam escravos, continuam sendo exterminados a sangue frio, continuam mortos por prazer de alguns fanáticos, continuam apodrecendo, continuam humilhados,continuam sendo queimados vivos, coloque-se o numero de judeus mortos até hoje, e coloque-se os negros. A comparação não é uma blasfemia, nem um disparate é APENAS UMA QUESTÃO DE SE OLHAR NO ESPELHO, E SE APERCEBER ATÉ ONDE VAI NOSSA PERCEPÇÃO(ou ausencia de percepção) DE HOLOCAUSTO, DE GENOCÍDIO, DE EXTERMÍNIO, DE MONSTRUOSIDADE HUMANA, DE HUMILHAÇÃO. A luta e a lembrança dos judeus é justa, porém, não vamos monopolizar a desgraça de um povo, como se eles tivessem sido os único na historia humana a passar por tamanho martírio. É sempre mais comodo analisar os fatos pelo fator histórico, do que pelo fator racista-pessoal-histórico. Infelizmente o holocausto negro é mais oral do que documental, estou exagerando, com tudo isto?

A lição que ficou da 2 GRANDE GUERRA MUNDIAL, deveria ser a de que, por mais que os estudioso, historiadores , sobreviventes, venham por ventura VOCIFERAR que tudo que ocorreu foi de fato SINGULAR, memorável, temos que ter o bom senso, o discernimento que aquilo ali só foi grandioso, porque foi todo praticado em nome de um suposto patriotismo, de amor a pátria, em torno de sua honra , de seu povo de sua raça, mais que só fez foi evidenciar o animal irracional que somos , só legitimou a falsidade, a utopia que é a nossa percepção de moral, de religiosidade de humanismo, sou serviu para que perdêssemos a razão para analisar o verdadeiro sentido da palavra HOLOCAUSTO, GENOCÍDIO, NAZISMO, pois é errado dizer que a palavra HOLOCAUSTO significa apenas "o sacrifício judaico em que as vitimas eram queimadas", HOLOCAUSTO SEMPRE FOI E SEMPRE SERÁ SINONIMO DE INTOLERÂNCIA, isto no sentido mais intolerante do termo, tudo que aconteceu na 2 guerra se resume a este termo, e fugir disso é admitir, é monopolizar a desgraça, de um acontecimento, como se isto tivesse sido caso único na humanidade, esquecendo que todos nós somos, por um motivo ou por outro INTOLERANTES, que o holocausto na verdade é apenas mais um massacre, que nós mesmo vislumbramos e vivemos da forma mais hipócrita e imoral possível.

CONTINUA AMANHA