quarta-feira, 12 de maio de 2010

O ELOGIO E A MORAL - PARTE 3

Aquele que elogia é sempre o ASNO, é o mesmo que adora celebrar a vida das celebridades, é o mesmo que tem verdadeira adoração pelo twitter, é também o mesmo que por não ter amor próprio, personalidade termina por elogiar tudo que gostaria de ter ou de ser, resumindo é um ser sem atitude, que é incapaz de admirar uma pessoa, sem antes lamber-lhe as botas

O elogiado, tem duas opções, fica profundamente honrado com o elogio recebido e em seguida agradece, e assim, fica com a obrigação de retribuir, mais cedo ou mais tarde, este elogio, ou então, fazer o que se espera de alguém com ATITUDE, agradecer com um frio, indiferente e distante aceno com o rosto, nada mais.

Como todos sabem este é um blog, ridículo, mal escrito, chulo, tosco, débil, portanto é de esperar que dispenso MAIORES e MENORES ELOGIOS.Tudo que aqui escrevo é com único e grandioso propósito de servir a CRITICA, de colocar literalmente a minha cabeça, ou melhor a minha escrita, para a critica, os críticos devorarem, com sobremesa de morango, ou será cereja? do contrário teria me formado em jornalismo.

Toda vez que alguém é maciçamente elogiado este alguém inevitavelmente está mudando sua personalidade, seu ego, seu amor próprio, seu comportamento, carater, e isto é ruim, é péssimo. Este alguém, irá, inevitavelmente, mais cedo ou mais tarde, se tornar em um monstruoso............................................................BLOGUEIRO.