domingo, 9 de maio de 2010

E VIVA MARINA SILVA

Eu tava em duvida, agora tenho certeza, minha candidata. aquela que darei orgulhosamente meu voto, é MARINA SILVA, em entrevista na ultima quarta-feira ao telejornal SBT, ela foi rápida, pontual e certeira. Falou com a desenvoltura de uma raposa, e como era de se esperar, priorizou a EDUCAÇÃO ( quando a candidata mencionou o nome EDUCAÇÃO, Carlos Nascimento perguntou: O que há de errada na EDUCAÇÃO? foi isto mesmo que o cara perguntou? não entendi, ou será que o nobre e debochado jornalista acha que se encontra na FINLÂNDIA?)

Então fiquemos assim , MARINA SILVA para presidente, e dane-se os eleitores do SENHOR SERRA E DA SENHORA POSTE.

É claro, lógico e evidente que MARINA não ganhará, assim como esta certo, pelo andar da carruagem, que o novo presidente será mesmo o será, digo o SERRA, no entanto é de se esperar que MARINA vá para o segundo turno, pelo menos é o que se espera da parte do eleitor brasileiro, e se não for não tem problema, meu voto não foi perdido, não terá sido em vão, perdido seria se votasse em DILMA, digo no POSTE ou SERRA, uma vez que o compromisso de ambos é "apenas com o continuismo de tudo que ai está", ou seja mais acomodamento, arrogância e uma exagerada dose de salto alto, não é isto que tem sido o governo do LULA - O GRANDE.

Votar em MARINA não é apenas uma questão ambiental, é acima de tudo, votar no bom senso, e no que há de melhor para o país.

Como a candidata foi a única a mencionar a EDUCAÇÃO , é de se esperar que os brasileiros , tidos como letrados, e doutorados, vote, e vista a camisa, literalmente falando, da candidata. Nestas horas, tem-se para o próprio bem da nação, fugir da ideologia, do fanatismo partidário, e o mais grave da ignorância sobre os verdadeiros prioridades do pais, nestas epocas de eleições presidenciais.Seria otimo, se , pelo menos uma vez em sua história o brasileiro votasse pensando no TODO e não como normalmente vota no uno, em si mesmo. E VIVA MARINA

E por falar em MARINA-MULHER. FELIZ DIA DAS MÃES MAMÃE

OBSERVAÇÃO: Escrever sobre candidato-prioridade-para-presidente, bem sei, que é, acima de tudo, ter um tipo de escrita baseada exageradamente na utopia, na ingenuidade e no romantismo, não é isto?