sábado, 29 de maio de 2010

AFINAL, QUAL A REAL UTILIDADE DA RAZÃO, DO INTELECTO HUMANO?

O homem , de fato, é um animal irracionalmente animal, de todos os seres vivos nós somos o mais irracional, o mais abominável, e chegamos mesmo, a criar um fator, para encobrir toda este irracionalidade. A RAZÃO foi criada com este intuito, de disfarçar a essência, encobrir com um finíssimo véu , tudo o que somos, e o fato de pensar, raciocinar, nada significa, nada altera esta percepção, nem da natureza nem dos seres, nem de nós e nem do jumento.

Tudo que consideramos moralmente aceito, só serve para marginalizar o instinto, o nosso lado negro e animal. Quando pedimos justiça , quando criamos leis e virtudes, estamos reforçando o véu, que tenta a todo custo encobrir o lado vingativo, assassino, mortalmente desequilibrado que é a mente humana. Nós criamos um mundo que passamos a vida inteira negando o que somos, pois é aquela velha ideia: monstro são sempre os outros, e estes tem que pagar, como se a essência não fosse a mesma. Quando um pedófilo ataca, quando uma mãe joga sua cria na lata de lixo ou quando espancamos e matamos nossos semelhantes, estamos sendo nós mesmos, é o ' todo' humano que faz isto e não uma parcela, uma minoria como normalmente tendemos a achar. Estas pessoas por mais estranho que seja, estão realçando seu lado normal, e o resto, todo o resto que julga, que cria e dissema as virtudes o pomposo moralismo e os bons costumes, estes sim, estão sendo irracionais. Entender o que somos é impossível, pois equivale a deixar de lado a fé, a moral, os costumes a comodidade, para se lançar em mundo escuro, de não se aceitar como se é, equivale a abdicar do conforto existencial para aceitar a si mesmo, aceitar o que si é, e não o que pensamos e adoramos achar o que somos. Tudo É uma questão de irracionalidade.

Desconstruir a percepção que o homem tem da magnitude da sua RAZÃO, é importante, não apenas no contexto do irracionalismo, mas também para demonstrar o quão distante estamos da definição do que vem a ser o lado racional e irracional.

CONTINUA AMANHA