quarta-feira, 28 de abril de 2010

EDUCAÇÃO, O BRASILEIRO E AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 2010, PARTE 4

A raça economista do BRASIL costuma dizer que para o pais crescer de forma sustentável, primeiro tem que enfrentar, resolver os chamados 'gargalos da economia', que vem a ser o sucateamento de nossas estradas, portos . o transporte aéreo, da mão-de-obra especializada, resumindo investir em infraestrutura e em mão-de-obra especializada , aí fiquei imaginando , como querer tal proeza em um pais de semi-analfabetos.... Qualquer um sabe que as prioridades de um povo analfabeto é: PRIMEIRO tomar café da manhã; SEGUNDO ter carne, farinha, feijão e arroz no almoço, e TERCEIRO dormir de barriga cheia, não sem antes assistir uma telenovela genuinamente brasileira, diante disso é de se pensa: como querer que um povo desse, pensa,pense, priorize a infraestrutura, ou a capacitação profissional(não vou nem mencionar EDUCAÇÃO, que ai já seria querer demais), se não conseguimos sequer, pensar além do nosso estômago.

Dia desse o ASNO lá de BRASILIA, disse com toda pompa "que o BRASIL já fez sua revolução na educação nos últimos oito anos". Segundo um professor da UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA que por acaso também é senador: "Apesar dos pequenos avanços na educação brasileira nos últimos 20 anos, o BRASIL está ficando cada vez mais para trás em matéria de educação. Mesmo avançando, estamos atrasados em relação a outras países e em relação ás crescentes necessidades de educação no mundo moderno". RESUMO DA OPERA, o presidente LULA está convencido que fez uma REVOLUÇÃO NA EDUCAÇÃO, E foi aplaudido de pé por todos os presentes quando ele disse tal asneira. POBRE DO BRASIL, POBRE DO BRASILEIRO , POBRE DO ASNO e pobre de mim.

Dizem que somos uma nação abençoada por Deus e por toda a NATUREZA, ai pergunto, qual proveito, até hoje, nós já tiramos dessa fartura?

OBSERVAÇÃO: A EDUCAÇÃO EM QUESTÃO, vai muito ALÉM DO SIMPLÍSSIMO "do saber ler e escrever".