quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

A VIVACIDADE DO VIVER - PARTE 9

É importante ressaltar, que todas as conhecidas injustiças e desigualdade humana é puramente humana, nós fabricamos a injustiça, nós construimos a desigualdade, nós somos o pária, nós somos o produto principal e único por tudo de podre e desgraçado que acontece as nossas vidas, pois este é a vida que temos, um estilo de vida desprezável alimentado por sonhos materiais irracionais e existencial, com a saudável finalidade de financiar a sobrevivencia do nosso insaciável egocentrismo, ou então para preencher a linda missão de salvação da alma humana. Todas as reivindicações do homem, toda as prioridades humana só resulta mesmo em injustiça e desigualdade, onde o sentido do bem estar social vem sempre em primeiro lugar, como se para 'viver a vivacidade do viver' precisaremos sempre e sempre estar bem financeiramente, fisicamente bem... O Planeta é único, e a menos que existisse uma plataforma para MARTE, o certo porém é que teríamos de viver e só, viver pois , hoje não se vive, se sobrevive, onde alguns tem mais status que outros, onde alguns sobrevive melhor financeiramente que a maioria, e este uns, sempre debocha do outro, a bem dizer da maioria, onde a minoria dá as cartas, as regras, e assim se sentem no direito de se compadecer pelos, que sofrem, pela desigualdade social humana. A humanidade definitivamente , tem que ser analisada sempre pelo lado debochado e inacreditavelmente animal de ser, ou então, como se analisa a seguinte frase : 90% DA HUMANIDADE PERAMBULA PELAS RUAS, e OS OUTROS 10% SE COMPADECEM. Definitivamente somos humanos. (Continua)