sábado, 14 de novembro de 2009

LEITORES, AUTOR, E ESCRITORES

- "Os piores leitores são aqueles que procedem como os soldados saqueadores: eles se apoderam, aqui e acolá, daquilo que podem utilizar, sujam e confundem o resto e cobrem tudo com seus ultrajes;

- Os bons escritores tem duas coisas em comum: preferem ser compreendidos a ser olhados com espanto e não escrevem para leitores mal-humorados e sutis;

- O autor deve calar-se quando sua obra se põe a falar;

- O autor racional não escreve para outra posteridade que a sua, ou seja, para sua própria velhice, pois então poderá encontrar prazer em si mesmo;

- Todos os poetas e escritores que são apaixonados pelo superlativo querem mais do que podem:

- O bom pensador conta com leitores que sentem como ele a alegria que há em pensar bem, de modo que um livro que tem o aspecto frio e sóbrio, se é visto com justo olhar, cariciado pelo raio de sol da serenidade intelectual, pode aparecer como um verdadeiro consolo da alma;

- Os livros honestos tornam o leitor honesto, pelo menos no sentido que provocam nele o ódio e a repugnância, que ele esconde geralmente com uma sutil astucia. Diante de um livro nos deixamos levar, qualquer que seja a moderação que mostremos diante dos homens. " (N.)