domingo, 15 de novembro de 2009

DO SÁBIO E DO MEDIOCRE

- Qual a diferença entre o SABIO e o MEDIOCRE??? O primeiro reflete antes de expressar, e o segundo apenas pensa que reflete. O segundo se esforça ao maximo antes de fazer algo, já o primeiro se supera constantemente a si mesmo. O primeiro gosta do silencio que sempre lhe proporcione produzir algo, o segundo gosta do silencio para relaxar. O segundo tem semepre uma opinião para tudo, já o primeiro só opina nas raras oportunidades que todos se esquivam em opinar. O primeiro acha que tem sempre algo para aprender. O segundo tem certeza absoluta que tem sempre algo para aprender. O segundo é um escritor brasileiro, nas horas vagas, o primeiro é critico deste escritor, e que obviamente também nas horas vagas pois este não é escritor, o primeiro é uma especie de alicerce para o intelectual, o segundo representa a intelectualidade enganjada. O segundo é uma pessoa agradavel, bom amigo , bom pai , bom vizinho, enfim um ser que não desagrada ninguém, , que algo mais ridiculo, digo mediocre, o primeiroa também, é tudo isso, ou quase, se se pudesse descrever literalmente o que ele pensa disso..... Todo sábio tem momentos sublime de mediocridade, no entanto todo mediocre tem momentos magicos e maximos de mediocridade. Todo mediocre gosta de proclamar o diferente e todo sabio adora mesmo que involuntariamente ser o diferente. O mediocre passa uma vida invejando o sabio, e o sabio em raros momentos de mediocridade também inveja a pacata e ridicula vida do mediocre. Todo mediocre sente prazer em criticar um sabio, e este só tem certeza de sua genialidade quando percebe esta critica. O mediocre ama e se apaixona enquanto o sabio apenas observa. O sabio é um idiota convicto e o mediocre um idiota abnegado. O primeiro semepre ler, o segundo sempre ver. O segundo assiste, o primeiro analisa. O primeiro pensa que se enganou, o segundo acha que se encontrou. O segundo tem sempre alguém ao seu lado, enquanto o primeiro tem o espirito deste alguém. O sábio é invejado o mediocre o invejoso. O primeiro acredita no refletir, o segundo acredita no que ler. O segundo nunca deixara de ser mediocre, o primeiro se delicia com esta certeza.Os dois são humano, embora só o primeiro tem certeza disso. Os dois são humanos, mais só o primeiro se aproveita disso. Qualquer semelhança entre um e outro é mera sabedoria. O covarde é mediocre, o sábio é o egoista deste covarde. Todos somos covarde, mais só os egoistas desta covardia é que são sábio. Todo sábio é inteligente e todo mediocre é intelectualizado. O mediocre sempre decreta suas sentenças, o sábio apenas opina. O mediocre sempre ouve para depois falar, o sábio ouvi por ouvir, detesta ter que falar. O mediocre vive concordando com tudo, não porque realmente concorde de fato, e sim porque é um covarde-mediocre. Todo filosofo é assumidamente um sabio, e todo mediocre é assumidamente um filosofo. Todo brasileiro é mediocre, em compensação o ARGENTINO também é. O mediocre é sempre integro, astuto, reto e vizionario, o sabio é apenas sábio. O mediocre é sonhador enquanto o sabio é realizador. Os dois são filhos da mesma mãe, com pais diferente, o pai do mediocre foi um rico empresario suiço, e do sábio um porteiro nascido na Paraiba. O primeiro nasceu de parto normal, o segundo de cesariana, o primeiro estudou em escola particular com o dinheiro do pai do segundo. O mediocre se formou em jornalismo e o segundo em engenharia eletrica... ou terá sido em filosofia, tanto faz... O segundo arrumou um emprego na Vale, e lá está há 27 anos, enquanto o primeiro, bom, este está por aí, a ultima dele é que passou 2 anos percorrendo o mundo. O primeiro casou com uma engenheira e o segundo com uma embaxatriz. O casamento do mediocre durou 9 meses e 17 dias, o do segundo durou 10 anos e 2 meses. O mediocre teve 3 filhos todos homens, o segundo teve um casal. A vida do segundo é uma rotina de dá pena, a do primeiro é de surpreender, para quem lhe conheceu na juventude. O mediocre já se submeteu a 6 cirurgias ocasionado pelos vicios da vida.. cigarro, bebida no fim de semana, estas coisas, o sábio tem uma saude de ferro, embora tenha os mesmos vicios, acrescentado ao da sabedoria. O mediocre é budista, com passagem pelo cristianismo, o primeiro atualmente estuda o cristianismo e o budismo. Os filhos do mediocre cresceram e se formaram, um em jornalismo o segundo em direito e o terceiro em medicina, todos são funcionarios publicos federais e estão satisfeito, pronto para se aposentarem. O casal do sabio agoram que fizeram 8 anos a mais velha e 3 anos o mais novo. O sabio casou com 38 anos, e o mediocre teve o terceiro filho com 21 anos. O mediocre está preste a se aposentar, conta os dias para isto, e o primeiro agora que está chegando ao auge de sua vida pessoal, intelectual e financeira. O mediocre tem dois apartamento, um em Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro, e o outro é o que mora, um grande apartamento localizado na esquina da Figueiredo Magalhães com a Barata Ribeiro aqui em Copacabana. O sábio tem uma casa em Buzios, outra em um bairro nobre de Buenos Aires, e um terceiro uma grande casa no bairro do Rio Vermelho em Salvador, atualmente paga aluguel em um pequeno apartamento no centro de Londre-Inglaterra. O mediocre gastou todo seu dinheiro e FGTS na educação dos filhos, o sabio agora que vai começar a gastar. O mediocre adora os livros de Paulo Coelho e o primeiro ler os classicos da literatura mundial. O segundo ouve musica sertaneja, Roberto Carlos e musica baiana, e o primeiro curte João Gilberto, mais odeia a bossa nova. O mediocre é mediocre pelo conjunto da obra, e o sábio é sabio também pelo conjunbto da obra. Os irmõas se dão super bem, principalmente quando se falam por telefone, pessoalmente, também se dão bem, embora os motivos sejam hilario, o mediocre fala demais e se orgulha do conjunto de sua obra, o sábio é quieto ouvi, e prefere se expressar pontualmente. O mediocre atualmente vive com seu filho mais velho recem separado, e adora pegar as garotas da Thermas da Siqueira Campos, lá ele é cliente Vip, o sábio está feliz, morando em Londres, no segundo casamento e com dois filhos pequenos. O mediocre merrerá com 52 anos de ataque cardiaco, cigarro na certa, o sábio viverá até os 79 anos em plena saude.

Qualquer dia desse que não tiver mais nada para escrever, dou continuação ao tema, abraços a todos e um bom domingo, de sol preferencialmente.