sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O XIS DA QUESTÃO

"Se a humanidade somente empregasse para a educação e para a escola o que emprega até agora para a construção de igreja, se ela voltasse para a educação a inteligencia que empenha para a teologia!". (N.)

O problema da proliferação desordenada de religiões e seitas, não é o deboche em nome da crença, e sim a impossibilidade concreta de se superar definitivamente o ódio que move a ideologia entre essas religiões.

A humanidade quanto mais reza, quanto mais ela se torna religiosa e crente, mais ela se desilude, mais ela se angustia e sofre. O egoísmo é mesmo indestrutível, permeia o homem de uma forma assustadoramente macabra.

É necessário mesmo acreditar em Deus, ter fé em Deus, respeitar Deus, rezar, ter clemencia, acreditar cegamente na justiça de Deus. Mais sobretudo, e antes de tudo é necessário também aprender a raciocinar na ausência de Deus, ou se não, viver eternamente acreditando que Deus tudo pode, ainda que este 'tudo pode', seja apenas uma força de expressão.

É verdade sim, que as religiões, igrejas e seitas tiveram um enorme crescimento nos ditos países do terceiro mundo, onde a maioria é semi ou totalmente analfabetos, isto não prova nada a ignorância desse povo, prova apenas o poder cego, mesquinho e material de pastores e padres, que aproveitam do inocente bom senso dessas pessoas para implantar a ideologia evangélica-católica.protestante, onde só quem ganha são as igrejas. Um tipo de evangelização onde o único propósito é fanatizar através da retórica, com o acréscimo de monopolizar , ou melhor com o objetivo de monopolizar para si, um conhecimento chulo,tosco e ineficiente, onde a maioria passa a viver de felicidade de se crer!!!????....

"Nós nos sentimos grandes quando ouvimos falar de um homem cuja vida foi aniquilada por uma mentira e que, no entanto, não mentia - mais ainda, quando um homem de Estado, pela preocupação com a veracidade, destroi um reino" . (N.)