segunda-feira, 21 de setembro de 2009

SERGIO CABRAL FILHO: O MAL CARÁTER



Até concordo que criticar os políticos brasileiros não é mesmo uma novidade, falar mal de politico é igual falar mal de puta, ninguém se surpreende, ninguém dá atenção e nem leva a sério, apesar que as putas tem mais dignidade que os nossos famigerados políticos tupiniquim. Diante disso, que ousarei a debochar, esculhambar um novo tipo de politico, o "politico bom sujeito, bom caráter", que vem a ser aquele politico de ficha limpa, o digno, o honrado, de personalidade integra, o bom moço, o bom sujeito. E o nosso querido governador do Rio de Janeiro o senhor Sérgio Cabral FILHO resume bem este novo politico brasileiro, bonachão, sorridente, interresado pela ralé, e uma extraordinaria capacidade para se perpetuar no PODER.

O governador Sérgio Cabral já passou da metade de seu governo, portanto já pode ser considerado apto a criticas e a elogios (elogios?), o que de fato o governador Sérgio Cabral fez de impactante no Estado do Rio, solucionou a problematica da violência??? Investiu drasticamente em Educação????? Não vou nem lembrar a SAÚDE??????? Solucionou algum tipo de problema, tão comum ao Rio? problemas estes que, se não fosse o petróleo, o quase que insignificante parque industrial do estado e óbvio as belezas naturais, não sei não, mas acho que deixaria o Rio de Janeiro apenas um pouquinho melhor do que o Maranhão, por exemplo, não vou nem falar do Piauí que seria mais justo. O Rio de Janeiro como um todo , sofre, sempre sofreu de um atraso terminal e secular, e o atual governador nada fez de revolucionario que possa ser lembrado, nem plano de governo o cara tem, o plano dele, os projetos de governo do senhor Sérgio Cabral, é baseado nas obras do PAC, e o que seria do Cabral se não fosse a iniciativa do Lula em, de certa forma, priorizar o estado com um volumoso, na verdade nem tão volumoso assim, investimentos do Pac no Estado do Rio.

O governador Sérgio Cabral é um legitimo mal caráter, que usa de um suposto bom mocismo, de um suposto bom sujeito, apenas com intenção de se perpetuar no poder, e com isto fica a ridícula ilusão de que não há ninguém melhor do que ele para disputar , para entrar na disputa para o governo estadual no Rio, é como se a oposição estivesse de mãos atadas, olha só, vejam só, o o Rio corre o risco de ter apenas o demagogo Sérgio Cabral nas eleições do ano quem vem, e por que? simplesmente porque ele é considerado um bom nome, está fazendo o bom trabalho, embora o Rio continue com os mesmíssimos problemas de 4 anos, de 10 anos atrás, e reconhecer isto, é sim uma prioridade da oposição, ou de qualquer outra pessoa que deseje o bem do estado do RIO DE JANEIRO.Bom vamos em frente, o Cabral é mesmo alguém que tudo que faz e feito propositadamente para ficar bem na foto, bem na midia, o sujeito não tem interesse em alavancar o Estado, o seu interesse é alavancar a si mesmo, ele, desde o dia de sua posse, faz tudo para se reeleger governador, é um tipo de politico que está mais para uma celebridade do que para politico, alguém que a imagem tem mais representatividade do que projetos, um belo exemplo disso é este absurdo, está obstinação macabra de trazer as olimpíadas para o Rio, um sujeito desse só pode ser um débil mental, ou então, de tanto viajar esqueceu as reais necessidades do Estado que representa. O resultado final disso, é que o Estado fica eternamente "MAQUIADO", mas que basta uma chuva, uma epidemia, ou uma revolta, para tudo ser DESMASCARADO.

No Brasil, todo prefeito, governador, presidente, tem que se propor a fazer uma revolução, tem que procurar se superar, porque as dificuldades, os desafios, necessidades e precariedade nacionais são tantas, que cada governante tem que entrar para vencer, independente se isto vai ou não, inicialmente, agradar a hipocrisia de plantão. O problema hoje, é que ultimamente o cara trabalha 4 anos com o único propósito de se reeleger, e depois de reeleito passa a trabalhar para fazer o sucessor, isto significa que o cara irá fazer tudo para aparecer, tudo para da IBOPE, tudo para se promover e este é o caso do mal caráter Sérgio Cabral Filho governador do Estado do Rio de Janeiro. E isto porque tem o Lula -Via-Pac, ao seu lado, imagine-se o contrário.

ISTO SIM, É BRASIL.