sábado, 22 de agosto de 2009

SEI QUE EXISTE INJUSTIÇA

Sei que existe injustiça, sei que existe filho renegando mãe, sei que existe pai estuprando filha, sei que existe mãe renegando filho, sei também que o ódio é renegado e que o amor é exaltado, o difícil é saber quem tá amando de verdade e quem tá sendo renegado, sei que o ódio desperta mais ódio como do fruto da indiferença nas atitudes, do que nos sentimentos. Sei que o mundo é injusto, que morre crianças por acidentes inevitáveis, que famílias são destruídas pela vaidade consumista, sei sobretudo que não posso fazer nada, nada mais, além do que já faço. Sei que existe injustiça, e é por isso que sou o que sou, e me orgulho de escrever o que escrevo, quem sabe, também um dia, não podemos renegar está injustiça com atos, palavras, escrita e atitudes.


A tempestade ou livro dos dias letra "Música de Trabalho".