terça-feira, 4 de agosto de 2009

E QUANDO O CIRCO PEGA FOGO

E quando o circo pega fogo, abram alas, que, tudo pode acontecer: virtudes desaparecem, a educação evapora, os bons se embrutecem, os santos se enfurecem, a fé dissipa, o idoso vira jovem, e o jovem se encolhe, as crianças se debandam, as mulheres se descabelam, e assim todos perdem a áurea, as virtudes, o encanto, o homem se transforma instintivamente em um animal feroz, atroz capaz de fazer qualquer coisa para sobreviver, nessas horas meus amigos, é bom todos fecharem os olhos e se por ventura se esquecer deste detalhe, nunca esqueça, ou melhor esqueça para sempre o que viu, ouviu e presenciou, caso contrario jamais voltará a ser humano. A moral humana perante o fogo é algo assustadoramente macabro.

A tempestade ou o livro dos dias, letra "Natália"