segunda-feira, 27 de julho de 2009

LI E NÃO ACREDITEI

As vezes tenho que reler uma, duas, três, vezes para ter certeza se o que li é realmente o que entendi, sábado, dia 25 na coluna do senhor Joaquim Ferreira dos Santos, aconteceu um casos desses, que não resisti e resolvi compartilhar, eis aí:

'EGOS NO BANERJÃO"
- "A gripe suína desencadeou
uma guerra de egos no
Banerjão, o prédio das
secretarias do Estado no
Castelo. A ordem do
supervisor que tinha
mandado os ascensoristas
usar máscaras (na nota de
Gente Boa) caiu diante da
voz mais forte do sindico do
prédio, que mandou retirá-
las. A saúde do carioca
lamenta. Há dois casos de
suspeita da gripe no prédio."

Alguém aí me diga, o sujeito que escreveu esta HERESIA, é burro ou débil mental. Será que existe alguém que leva a serio o colunista, com exceção dos moradores do Leblon. Para ser sincero o colunista é um otimo humorista, do tipo debochado com coisa serias, esquisito e o melhor disfarçado de jornalista. São figuras assim que habita "um país chamado Leblon". Aliás e a propósito, o cara é colunista do jornal O Globo, pensavam o que? Peru Molhado? Faz sentido.

Ainda tem gente que acha que pego pesado. Por que tenho que aceitar tudo que os outros me fazem ler da forma mais descarada e pior possível, como é o caso desse colunista, que não impõem o bom senso em nada, se ele não respeita seus leitores, por que teria que respeita-lo, como colunista?

Não basta apenas soltar uma notinha, um texto perfeito gramaticalmente, tem que ter discernimento.

Obs: Para quem nunca ouviu falar do "Peru Molhado", pesquise, no google, meu filho, acrescentando Búzios.