sábado, 4 de julho de 2009

AFINAL, A MÍDIA É UTIL EM QUE? - PARTE III

A estupidez da mídia, é a principal responsável pelo desaparecimento do intelectual, aquele intelectual que tanto nos faz orgulhar, o que nos faz pensar realmente, que fomos dignos de ser levado a sério. Hoje qualquer idiota formado em jornalismo é considerado um intelectual, o cara é formado para transmitir o que se passar, e esclarecer, quando possível, ele não tem o poder e muito menos personalidade para impor uma forma de pensar, ele não tem uma capacidade criteriosa para analisar os fatos, sem que isto lhe aparenta um veridito, no entanto é exatamente isto que ocorre hoje, o genio, o intelectual é aquele jornalista que resolve assim sem mais nem menos dá uma opinião final, um veridito contra tudo e contra todos. Na verdade o intelectual , o dito intelectual ele até existe, estão por aí, a questão é que com a predominancia da mídia, ele encolheu, perdeu lugar o status, ou melhor falta oportunidade para que tenha chance de mostrar sua intelectualidade, falta espaço para que possa se expressa, uma vez que as pessoas lêem cada vez menos. Hoje tudo é baseado no copiou e colou, e é aí que entra a Internet que se tornou em poucos anos o maior celeiro de imbecis que o planeta já presenciou, o gênio da ingenialidade (existe esta palavra?), o oposto do genio, mais que tem mais status do que o mesmo. O cara se senta em frente a telinha e em 1, 2, 6 meses depois ele se acha tão inteligente que está oficialmente pronto a discorrer sobre qualquer tratado cientifico ou qualquer outro que aparecer pela frente. (se de fato eu tivesse TEMPO, e o principal se de fato eu tivesse um simples computador disponível em minha residencial, talvez eu estivesse incluído neste rol);

O nosso conceito de intelectual, de gênio, hoje, é tão nefasto, que graças a midia eletronica, em especial a televisão, podemos dizer que intelectual é todo aquele que tem a inacreditável chance de aparecer pelo menos 5 minutos mensais em frente a TV, pronto eis aí um intelectual. Qualquer idiota, medíocre que tem a chance de se apresentar de apresentar um programa é digno de respeito. A verdade é : por que a midia investiria em uma programação inteligente se nós estamos satisfeito de fazermos parte deste obscurantismo. A nossa capacidade mental está tão baixa, em um nível tão desolador, que mesmo os universitarios são seres horrivelmente desconhecido, ou será irreconhecivel. A lavagem cerebral nas crianças é algo tão monstruosamente arquitetada pela midia, que mesmo passando 10, 15, 20 anos estudando, no final serão apenas fantoches desta mesma midia. É como se nada absolutamente nada tivessem por pensar, por escrever, por inventar. A tecnologia avançou tão rápido, avança, que não percebemos que estamos em torno de um grande circulo, dando sempre a mesma volta, para que tudo vire lixo, isto tudo em um espaço de tempo tão rápido, que nossa mente, devido as constantes novidades inovações tecnológicas, sequer chegamos a perceber, que no final a constatação mesmo é que consumimos apenas lixo, o descartavel.

Hoje não existe intelectual, e sim um montes de covardes, que são incapaz de se sentir digno de tal de saber se expressar, de expor sua ideias independente da questão de espaço, de um eventual reconhecimento no meio. A midia impõem uma verdade tão grande, tão incontestável que ninguém ousa falar, se expressar qualquer coisa que não seja de sua conveniencia.(Seque amanhã)

obs: este pos é continuação do post Qual o verdadeiro legado do aparecimento da mídia parte II