segunda-feira, 15 de junho de 2009

PUNIÇÃO - Parte II

As atrocidades cometidas pelo homem ao longo dos séculos, nos mostra que a melhor forma de punir, ainda que não seja a indicada, é mesmo a morte, e o motivo é simples, não existe prisão, não existe castigo, não existe religião, não existe nada capaz de racionalizar um delinquente-atroz reincidente. Quando eu disse, ainda que não seja a indicada, é porque a morte, a execução deste delinquente teria que ser compartilhada, aprovada por todos, porque só assim nos poderíamos ter paz com a nossa frágil consciência moral. O resto é papo furado de delinquentes moralistas.