sexta-feira, 19 de junho de 2009

O BONITO E PERIGOSO DOM PARA RETORICA

Como é bonito ouvir um bom orador, como é perigoso o emprego da retórica em defesa, ou melhor, é isto mesmo em defesa ou seria nas mãos de uma mente doentia, fanática.

O mais brilhante orador que passou por estas bandas, foi sem duvida a figura carismática de Jesus Cristo, infelizmente foi numa época longínqua, remota, que pouco ou nada se sabe, exceto os exageros que veio depois, no entanto o pouco que chegou para nós sobre esta figura, nos dá uma ideia que ele fez de sua retórica algo bem interessante e bonito. Na verdade não é sobre religião que desejo me prolongar, e sim sobre o poder que todo orador, possui, mesmo inconscientemente, o orador exerce um fascínio, um controle, sobrenatural, a bem da verdade, a retórica de um orador tem as vezes o poder de mobilizar e ao mesmo tempo imobilizar milhões , tem o poder de cegar, de manipular, de controlar as mentes dos incautos, lembram o caso de Hitler. A retórica é um dom, porque independente de educação ou ensinamento, o sujeito já nasce para aquilo , o problema é tentar adivinhar se ele se encaminhara para o lado Cristo de ser, ou do mal(no sentido literal) orador de ser. Ainda temos o nosso Lula que sempre usa sua retórica para ludibriar a mente dos nosso povo sofrível, burro e analfabeto.

No momento sem duvida o maior orador aquele que tudo que ele fala se torna em histórico, é mesmo o super Barack Obama, vamos ver se toda esta retórica entrará para historia como boa ou como macabra...