sexta-feira, 26 de junho de 2009

ENQUANTO O POP EXISTIR, AS MUSICAS DE MICHAEL SERÁ ETERNA

Ontem no comecinho da noite por coincidência eu estava de frente para TV,dando um giro com o controle, quando de repente algo me assustou meu coração bateu mais forte, e por um longo instante eu fiquei torcendo freneticamente para que tudo fosse mentira, mais um boato sobre o cara. Minha filha de 6 anos é fã incondicional de Michael, e ela me perguntou: - pai o Michael Jackson morreu? e eu respondi que não, mais tarde depois de confirmado ela voltou a perguntar: - pai porque tão falando tanto da morte do Michael, eu olhei nos olhos dela e respondi:- minha filha ele morreu, o coração dele parou, nunca mais você vai ver ele ao vivo, ele não vive mais, pronto foi o suficiente para a coitadinha cair em prantos, nada, claro que um longo abraço não resolvesse.

No dia 16 de Março deste ano no post Thriller, (que segundo um e-mail do António José, de Franca-S. Paulo, que escreveu na época, está entre os 100 melhores do blog)eu comentei a volta triunfal dele aos palcos, e de certa forma foi uma homenagem antecipada minha para o cantor.

E neste instante que tanto se fala, tanto se lamenta, eu tenho uma indisfarçável irritação quando vem um destes palhaços-jornalistas, afirmar, que o cantor foi na verdade alguém muito controvertido, polemico e coisas do genero, e aí eu pergunto, vem cá cara pálida, desde quando temos o direito de enaltecer a vida pessoal de uma pessoa, em detrimento a sua genialidade, desde quando os defeitos de uma genio tem mais importância do que sua obra, desde quando uma personalidade tem mais relevância que a capacidade artística. Michael, foi sim, e será sempre(a persistir a incrível mediocridade atual do mundo musical) o maior dos maiores genios da musica POP que já passou por estas bandas, da humanidade, ele não era apenas um bom cantor, o cara era um excelente letrista, compositor de primeira grandeza, produtor, e um faro inigualável para o sucesso e a midia. Ele nunca precisou da midia, e sim o contrário. Não importa quem foi Michael e sim o que ele produziu o que sua genialidade deixará, deixou, por que este sem duvida é o maior legado do cantor. ENQUANTO EXISTIR O POP, NÓS VAMOS OUVIR FALAR DE MICHAEL JACKSON E SUA OBRA.........