terça-feira, 26 de maio de 2009

O PODER SUPREMO - Parte II


De uma forma ou de outra todos nós exercemos alguma forma de poder sobre um outro, seja sobre os nossos vizinhos, sobre os inferiores, ou mesmo sobre os nossos filhos e esposas, o certo é que todos já tiveram em algum momento de suas vidas o poder em suas mãos. E sem perceber, nos praticamos as piores tipos de atrocidades, sem perceber nós, com o poder em mãos, passamos a pisar , a machucar, a maltratar, a matar, a humilhar, a desgraçar a vida de nosso semelhante, quando digo sem perceber, é porque ao nos vermos com o poder, nós agimos como um Deus, é neste momento, talvez, o único que nós chegamos o mais próximo deste Deus, todo poderoso, mesmo porque o que o homem almeja de verdade é chegar ao lado, é se por ao lado do divino, e nada melhor que demonstrar perante seu semelhante o seu poder. O poder de Deus e toda a sua grandiosidade, serve não apenas para abonar o poder e todos as suas atitudes, serve sobretudo para encobrir, para cegar tudo de ruim que doravante sai das atitudes deste poder maligno, pelo qual o homem faz tanto questão de demonstrar. O homem é perverso, é maligno, é o pior e o mais repugnante ser que já pisou sobre a face da terra, e não apenas porque se trata do homem e sim porque se trata de um ser que é covarde ao extremo, pois se recusa à assumir seus erros que pratica ao se apossar de um certo poder, ele age como imagem e semelhança de uma divindade, que para ele serve apenas para abonar toda sua monstruosidade perante a seus semelhantes e a si mesmo. Afinal, qual filho não deseja, no fundo, ser imagem e semelhança de seu 'bom pai'?

Não trato aqui de negar ou criticar a existência de Deus(mesmo porque eu tenho mais o que fazer...) trato sobretudo do que pensamos, e como agimos, diante da existência de Deus. Infelizmente nós somos covarde até para assumir nossas virtudes - virtudes?. É lógico também que toda esta afirmação, é no mínimo controversa, e qual afirmação não é controversa?

Frase do Dia:
O poder - seja ele qual for - serve para reafirmar o quanto somos perfeito perante Deus.

----- Para falar a verdade não gostei deste 'post' principalmente desta segunda parte, no fundo, não fui suficientemente claro, objetivo, prometo voltar ao assunto, em breve...