terça-feira, 5 de maio de 2009

A FELICIDADE DO BRASILEIRO - Parte II

É muito fácil tornar o brasileiro feliz, basta dar um prato contendo arroz, feijão e um bife, acompanhado de um copo de Skol ou de coca-cola, pronto está feito um homem feliz, sem nenhum tipo de preocupação e muito menos de comprometimento com o mundo, com a sociedade que faz parte. E isto não é apenas da maioria pobre, a minoria rica é ainda pior, pois com toda a riqueza que detém, o desprezo, a arrogância e a estupidez é o que nivela está pessoas. Hoje no Brasil vive um povo mesquinho, medíocre, alienado até dizer chega, e ainda por cima caricato, é óbvio que somos um povo feliz, uma felicidade típica de quem nunca tem nada de interessante para fazer, falar ou escrever, o que dirá pensar, aliás e a propósito o que é viver feliz, se não viver eternamente no estado inerte da ignorância.