segunda-feira, 16 de março de 2009

THRILLER

Sempre que um psicopata ataca, o mundo se anima, a imprensa impressa vende milhões de exemplares, a audiência dos telejornais sobe nas alturas, as pessoas se surpreende de tal forma, como se algo de muito macabro estivesse acontecendo consigo mesmo, tamanho é a indignação, indignação?, bom, na semana passada tivemos não apenas um mais 3 em ação, ou melhor dois e um aprendiz de psicopata, um atacou nos EUA, o outro matou horrores na Alemanha e um idiota em Goiânia queria matar horrores também no Flamboyant, o engraçado que logo após os ataque a interrogação é sempre a mesma: o que fez com que alguém aparentemente normal, agisse de formal tão brutal? Psicopata é um nome gentil que damos para pessoas com algum tipo de distúrbio mental, é óbvio que vindo de um doente mental que não faz nenhum tipo de tratamento, só podemos mesmo esperar uma coisa, terror.

O thriller do titulo não é - como aparenta - um referencia literal do que ocorreu na semana passada e sim uma homenagem a Michael Jackson, e sua volta apoteótica, mais não surpreendente, pois vende quase 1 milhão de ingressos para cerca de 50 apresentações em Londres a partir de Julho, em menos de 5 horas (via Internet, telefone e bilheteira) não chega a ser exatamente algo fantástico, pelo menos para um cantor que já vendeu ao longo de sua carreira mais de 700 milhões de discos. O mundo da musica precisava desta volta, afinal trata-se do único ícone do mundo da musica, ainda vivo. O cara é um excelente compositor, um ótimo cantor, dançarino, produtor, musico, resumindo é um típico profissional de que já não se vê mais, não com esta capacidade, ou melhor pelo menos capaz de coisas espetaculares - como estas - , graças única e exclusivamente ao seu talento. Goste-se ou não do cantor e de sua vida pessoal, uma coisa ninguém pode negar, o cara é perfeito, naquilo que ele sabe fazer de melhor compor e interpretar.

Alguns vê em Michael, um verdadeiro psicopata - a controvérsias -, no entanto se realmente ele for, que pode ser, o seu terror, é apenas uma forma inteligente de ganhar dinheiro, de se manter no topo do mundo, seja como cantor, seja como celebridade, ou apenas como um mero coadjuvante em um mundo, em uma sociedade cada vez mais sedento de psicopatas e toda a consequência de suas atitudes inesperadas e provocativas, puro THRILLER.